Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2012

Fruta... Gelada!

Como sabem este ano foi um ano rico em cerejas cá por casa. Apesar do trabalho de descaroçar, este ano fizeram-se tardes, doces, iogurtes e batidos e ainda congelei algumas para tempos em que seja mais raro ver esta fruta maravilhosa nas bancas das praças.Foi com algumas destas cerejas, que guardo religiosamente na arca congeladora, que fiz um gelado super rápido e que fez as delicias cá de casa... Mesmo a Joana que gosta pouco de gelado, por ser frio, deixou derreter para poder comer e petiscar todas as pepitas de chocolate que podia. Quando a nutricionista me perguntar se tenho comido fruta, vou responder 'claro que sim', mas talvez convenha omitir a parte das pepitas de chocolate, hehehe...___________________________________Gelado de Cereja com pepitas de chocolate




Ingredientes:

- 100 gr de chocolate

- 500 gr de cerejas (descaroçadas e congeladas)

- 150 gr de iogurte natural

- 40 gr de pepitas de chocolate




Preparação:Coloque no copo da Bimby o açúcar e pulverize 15 segundos, velo…

Uma pausa

Há alguns sítios que têm o condão de nos fazer sentir em casa. Este ano, pelo aniversario do Mário, descobri a Quinta do Chocalhinho em Odemira. Na altura, inclusive, publiquei um texto sobre o espaço e as inspirações que me trouxe, texto que podem reler AQUI. Desde então, já lá fui mais duas vezes e confesso que não me canso... É lá que me sinto em casa. Representa tudo aquilo que me transmite paz e o estilo de vida que um dia desejava ter... Aparentemente Odemira não teria muito para nos oferecer... Mas sempre que lá vou, trago a bagagem cheia e não apenas de recordações... Inexplicavelmente, uma argentina abriu uma fábrica (que também é loja) de chocolate artesanal - Chocolates de Beatriz. Devo confessar-vos que sou fã... E não há uma vez que não vá lá e não traga algumas caixinhas com a variedade de oferta que têm... Que é grande e cada chocolate mais fabuloso que o outro...
E agora um Italiano abriu uma loja de queijo artesanal... Uma queijaria gourmet em Odemira? Quem diria... Ma…

Arroz malandro de peixe

Sou verdadeiramente apreciadora de arroz malandro... Seja um simples arroz de tomate, ou um arroz de peixe ou de marisco... Enfim, importa que seja molhadinho...Tenho mesmo dias em que só consigo pensar nisso... E os meus apetites falam mais alto cá por casa! Mesmo a pequena, que agora aprendeu a dizer "a Joana não gosta de tomate", tem de comer e ponto final!Pois bem, no congelador tinha uma pequena garoupa e uns camarões e logo me lembrei de fazer um arroz de peixe bem malandro. Sou suspeita, mas este ficou divinal... A cabeça do peixinho ainda serviu para uma segunda refeição e para fazer as delicias do marido... Ainda bem que alguém gosta destas coisas cá por casa, assim não há desperdício...__________________________________ Arroz de Garoupa e Camarão[serve 4 pessoas]
Ingredientes:- 1 garoupa pequena (ca. de 850 gr)- 8 camarões- 1 cebola média- 1 dente de alho- 3 tomates grandes bem maduros- 3 colheres de sopa de polpa de tomate de compra- 125 ml de vinho branco- 750 ml d…

Gelados

O Verão está aí em toda a sua força! Está tanto calor que só apetece comer e beber coisas frescas. É para estes dias que armazeno na arca congeladora quilos de fruta... Porque é nestes dias que a Bimby mais trabalha.Falo de gelados! E aqui por casa fazem-se já a um ritmo infernal. A minha princesa pequenina diz "mãe 'tá gelado, aquece!!"... São estes momentos fantásticos que fazem das nossas vidas tão especiais.Claro que não é a sobremesa mais saudável do mundo, podem argumentar... Mas garanto-vos que feita em casa é garantido que leve fruta, é garantido que não tenha corantes, ou estimulantes, ou reguladores de sabor. Só saberá aos ingredientes que quiserem incluir. Só terá a quantidade de açúcar e gordura que adicionarem. Simples, certo? E claro... Vão ficar admirados com o custo final. Incomparável.___________________________________ Gelado de Figo com nozes e pinhões




Ingredientes:

- 150 gr de miolo de noz

- 350 gr de figos frescos (cortados ao meio e congelados)

- 170 gr …

Quadradinhos de porco...

Esta semana tenho andado em modo automático… Eu sei que já devia estar a descansar, sei que já devia estar a gozar umas merecidas férias, mas resolvi investir num curso intensivo de dança, à noite, o que me tem obrigado a atalhar caminho no que toca a jantares… [Esta receita foi preparada para publicar no final de Julho de 2012. Mal sabia eu que tinha de ser forçada a parar com uma fractura no cóccix. Ainda assim, resolvi manter o texto original.]Num destes dias, julgava eu que tinha tirado umas bifanas, mas afinal tinha tirado uns cubos de carne de porco e vi-me com 15 minutos para improvisar o jantar e 15 minutos para o engolir. Ainda pensei em carne de porco à alentejana ou à portuguesa, mas já não tinha massa de pimentão em casa, por isso… tive de procurar outra solução.E como é nestas alturas que mais me sinto inspirada, acabei por fazer uma refeição soberba… O incrível desta história é que usei cerveja preta na sua confecção… Não é que seja algo do outro mundo, mas… O facto de e…

Iogurtes & Especiarias

Continua a saga dos iogurtes semanais… É mais fácil e rápido fazê-los do que sair de propósito às compras para comprar iogurtes!Desta vez tinha umas pêras a ameaçar estragarem-se e já com uma consistência duvidosa… E que serviram de forma ideal para estes iogurtes fantásticos, cujo toque do anis fez toda a diferença… Se não tiver use canela ou raspa de limão.Espero que gostem!_________________________________ Iogurte de pêra e anis[faz 8]
Ingredientes:- 150 gr de pêra (usei pérola)- 55 gr de açúcar mascavado- 55 gr de leite em pó- 1 iogurte natural- 1 litro de leite meio gordo- 1 colher de chá de anis em pó (desfiz num almofariz)
Preparação: Coloque a pêra no copo da bimby descascada e sem caroço (o peso é já só da polpa) e junte o açúcar mascavado. Programe 5 minutos, varoma, velocidade 1. Adicione o anis em pó pelo bocal do copo a meio do tempo.Processe 30 segundos, velocidade 7 e junto o resto dos ingredientes. Programe 4 minutos, 50º, velocidade 4.Coloque em copos esterilizados e deix…

Fruta líquida!

Estamos à beira de mais um fim-de-semana, mais um sumo de fruta. Continuo a achar que não há melhor forma de comer fruta… E sem dúvida que a Bimby dá uma enoorrrrrme ajuda nesta tarefa! Como o Verão pede coisas assim, e até tem estado imenso calor, aproveitem e façam experiências com os sabores que a família mais gosta! ________________________________________

Sumo de maçã, manga e pêssego [serve 3 pessoas]
Ingredientes: - 1 manga (140 gr sem caroço) - 1 pêssego grande (210 gr sem caroço) - 1 maçã amarela (100 gr sem caroço e casca) - 400 gr de água fria - sumo de ½ lima
Preparação: Coloque todos os ingredientes no copo da Bimby (ou num liquidificador) e programe 1 minuto, velocidade 7 (processe até misturar bem todos os ingredientes). Sirva bem fresco. ________________________________________

Nostalgia de Natal?

Não sei que raio me deu no outro dia, mas só pode ter sido a nostalgia de Natal… Estamos em Agosto, eu sei, mas passei o dia a pensar em roupa velha, aquele prato que se costuma fazer com os legumes que sobejam da noite de Natal… E como tinha descongelado umas bicas (uma ‘marca’/espécie de peixe) para o jantar, achei que não podia haver melhor combinação!!!! O Mário não conhecia, parece que não é muito tradicional lá para os lados do Alentejo e quando lhe disse que ia fazer roupa velha para o jantar olhou um pouco desconfiado… Pela via das dúvidas, não fosse a malta cá de casa não me querer acompanhar nos devaneios, deixei algumas batatas cozidas de parte (havendo batatas cozidas e azeite, não precisa haver mais nada)… Cozi batatas, cozi cenouras, cozi couve portuguesa, salteei uns quadradinhos de pão, misturei tudo e por pouco não consegui ir a tempo de fotografar… As batatas ficaram no prato, porque o que realmente teve mais saída foi a roupa velha!!!! Que o diga o Mário quem nem vi…

Cerejinha...

O ano passado ofereci nos cabazes de Natal alguns licores Home Made, que é o mesmo que dizer, feitos por mim e pelo Mário. Um de especiarias e outro de ervas aromáticas do nosso jardim. Este ano e porque a época das cerejas foi forte, resolvemos fazer ginjinha… Mas as ginjinhas que nos chegaram às mãos não estavam grande coisa e resolvemos utilizar cerejas. Como era a primeira vez que fazia, confesso que pesquisei um pouco em alguns livros que tenho cá por casa, mas também pela Internet… Mas… A informação é tão variada, quanto contrária… Se uns dizem para deixar as cerejas macerar primeiro com o açúcar e só depois juntar a aguardente 6 meses depois, outros dizem para juntar tudo ao mesmo tempo… Se umas fontes dizem para utilizar açúcar branco, outros dizem que fica melhor com amarelo… E ainda, uns dizem que deve ficar a repousar ao sol enquanto outros referem que deve ficar a repousar em ambiente fresco e escuro… Acho que nunca me tinha acontecido nada assim, pelo que resolvi actuar por…

Desafio Sabor do Ano

As últimas semanas têm sido difíceis... Caí numas escadas no meu local de trabalho e fracturei o cóccix. Isto significa que devia ir de férias e não fui... Significa que estou de baixa e em repouso absoluto e aborrecida até ao dedo mindinho... As receitas acumuladas são já mais que muitas, mas a falta do Ipad e agora as dores têm-me mantido longe do que faço com prazer - trabalhar. Seja na minha actividade habitual, seja a dar aulas de dança, seja alimentando diariamente o blog... Hoje resolvi deitar-me no sofá e tentar escrever este post, até porque queria muito participar no desafio lançado pela laranjinha do blog Cinco Quartos de Laranja. O desafio é criar uma receita com um dos produtos certificado como sabor do ano 2012. E ao percorrer a lista dei de caras com o vinagre balsâmico da Gallo que compramos cá em casa. E lembrei-me de uma receita que habitualmente faço e que ainda não tinha tido a oportunidade de partilhar no blog. Eu sei que está muito calor para ligar o forno... Mas d…

Iogurte ou sobremesa?

Gosto de iogurtes com sabores diferentes e tal como numa sobremesa ou num prato salgado invento, misturo, improviso, com os iogurtes não é diferente… Desta vez e porque adoro café, resolvi fazer uns com um travo ligeiro a cappucino, mas disfarçados com o sabor do caramelo e do caju… Foi a forma que arranjei de pôr o Mário (que odeia café) a comer esta verdadeira delícia… Realmente ficaram fantásticos. Mais uma prova superada! ___________________________________ Iogurtes de cevada com topping de caramelo e caju [faz 8]
Ingredientes: Para o topping: - 5 colheres de sopa de açúcar - 5 colheres de sopa de natas - 65 gr de caju esmagado grosseiramente
Para o iogurte: - 70 gr de açúcar - 1 iogurte natural - 1 litro de leite - 4 colheres de sopa de cevada (usei Pensal) - 40 gr de leite em pó - quantidade que sobrou de 1 pacote de natas
Preparação: Comece pelo caramelo. Coloque o açúcar numa frigideira anti-aderente e quando começar a passar para caramelo (a ganhar um tom dourado), desligue o lume e junte as n…

Uma forma diferente de comer frango.

Já em modo quase férias, a imaginação e inspiração para cozinhar é cada vez menor… E já em modo automático, sem preparar as ementas semanais, tiro ao calhas comida do congelador na esperança de à noite me lembrar de improvisar alguma coisa… E assim foi numa destas noites. Tirei bifes de frango, aparentemente com a ideia de os panar, mas o calor era tanto na cozinha que simplesmente não me apeteceu. Resolvi fazer um salteado de legumes e frango, até porque, como vou estar ausente uma semana, é preciso não deixar alimentos perecíveis no frigorífico… Mas não me apetecia juntar noodles. E como tinha andado a fazer strudell de legumes e me sobraram umas folhas, saiu este prato… Provavelmente a maior parte das pessoas achariam que com este aspecto, com certeza terá demorado horasssssss a fazer… Mas não, em pouco mais de 20 minutos tinha o comer na mesa! Mais um daqueles pratos simples, mas que fazem um vistão. De sabor? Pode-se dizer que foi aprovado, porque não sobrou nada para contar hist…

Reinventar legumes!

Uma destas manhãs esqueci-me de descongelar comida para o jantar… A cabeça e o corpo precisam de férias urgentes… A Joaninha ainda tinha esparguete à bolonhesa no frigorífico, mas para mim e para o Mário, era preciso improvisar alguma coisa, até porque o que sobrasse seria o nosso almoço do dia seguinte. Olhei para o frigorífico e reparei numa data de legumes à espera de serem utilizados e lembrei-me de fazer um Strudell. Claro está que exagerei na dose e em vez de fazer apenas um, com a massa folhada que tinha, fiz quatro!!! Um com massa folhada, em que misturei legumes e atum, e três com massa filo em que utilizei apenas legumes. Ficaram soberbos e mesmo no dia seguinte o estaladiço não se perdeu, assim como o sabor excepcional que o tomilho deu a este salteado de legumes. _____________________________________

Strudell de Legumes [serve 6 pessoas]
Ingredientes:
Para o recheio: - 4 dentes de alho - 1 colher de sopa de Becel cozinha (líquida) - 1 colher de sopa de azeite - 2 cenouras - 4 endívia…

Cerejas & Lima

Nunca comi tantas cerejas como este ano. Acho que é uma das minhas frutas preferidas… Só mesmo ultrapassada pelo abacate. Foi tanta a quantidade de cerejas que foram chegando directamente do Fundão que para além de as comer ainda deu para fazer sumos, tartes, bolos, iogurtes, enfim, uma enormidade de coisas boas. Mas o doce foi sendo adiado… Porque a tarefa de descaroçar é morosa e suja tudo em redores. E entretanto entrou a época dos pêssegos e achei que já não ia conseguir fazer doce… Mas num destes fins-de-semana fui à praça de Benfica e na banca onde tenho por hábito ir, havia umas cerejinhas já de final de época. Maduras e por isso mais baratas. E quando olhei para elas percebi logo qual era o destino perfeito – DOCE!!!! Claro está que quem tratou delas foi o meu sous-chef Mário, que as descaroçou e tratou para que eu pudesse juntar os meus pozinhos de perlimpimpim e fazer a magia do costume – UM DOCE FANTÁSTICO. Acho que este ano, os presentes de Natal, vão ser fantásticos… _______…

Inspiração Japonesa...

Há dias em que simplesmente estamos inspirados para cozinhar… Nem sempre existe uma fonte de inspiração… Simplesmente acontece, como se de repente fizesse click e sabemos exactamente qual o rumo a seguir para chegarmos ao sabor que imaginamos na nossa cabeça. Quando descongelei, numa destas manhãs, um lombo de salmão que tinha comprado recentemente, confesso que não tinha a menor ideia do destino que lhe ia dar… Eventualmente assá-lo, ou cobri-lo com broa… É o mais comum e durante a semana não há tempo para grandes improvisos. Mas durante o dia a minha cabeça não parou de pensar no assunto e apetecia-me algo diferente… Não sabia bem como lá chegar mas, assim que cheguei a casa e abri o frigorífico soube de imediato o que fazer! É nestes momentos que a nossa memória gastronómica entra em acção e de imediato me lembrei do sabor agridoce de um frango com molho Teriyaki que tinha comido num restaurante de sushi… E lembrei-me que tinha comprado um frasco desse molho num destes dias numa loj…

Acompanhamento... Exótico!

Este arroz acabou por ser o complemento perfeito a um prato de salmão que fiz um dia destes. Exótico, perfumado, ora ácido, ora adocicado… Como acompanhamento do salmão ou não, experimentem… Acho que vão adorar… _________________________________

Arroz exótico
[serve 4 pessoas]

Ingredientes:
- 200 gr de arroz agulha/basmati
- água qb (deve ocupar ca. de ¾ do tacho)
- leite de coco (ca. de 100 ml)
- sal qb.
- óleo de amendoim qb
- ½ malagueta seca
- uma mão cheia de amendoins neutros
- uma mão cheia de cajus neutros
- uma mão cheia de sal e coentros frescos
- sumo de 1 lima

Preparação:
Coloque um tacho ao lume com a água, o leite de coco e sal. Assim que começar a ferver, junte o arroz lavado e programe 7 minutos. Findo o tempo, escorra a água. Numa frigideira anti-aderente coloque um fio de óleo de amendoim e core ligeiramente os amendoins e os cajus. Adicione a ½ malagueta e por fim o arroz. Quando estiver tudo bem misturado, esprema o sumo de uma lima por cima e desligue o lume. Junte salsa e coentro…