Avançar para o conteúdo principal

Frascos originais

O novo ano trás sempre novas resoluções que dão origem a listas infindáveis de objectivos. Um, dos que consta sempre da minha lista, é 'ser mais organizada'. Quem é que não sonha em ter uma cozinha tipo ikea onde tudo parece organizadinho??? Na minha cozinha, às vezes, parece que vivemos lá. Viver na verdadeira acepção da palavra - dormir, comer, estudar, ver TV, etc... Tal é o caos...

Eu sei que é sinal de que é uma cozinha feliz, com vida, mas a verdade é que às vezes gostava que fosse mais parecida com as que aparecem nas fotos do ikea, mais 'limpa', mais organizada...

Com o novo ano, resolvi dar um novo ar a algumas coisas, ao mesmo tempo que tentei organizar melhor o espaço. Resisti ao apelo de algumas lojas (os tempos não estão para grandes compras) e resolvi eu própria dar um toque personalizado aos frascos onde guardo mercearia e afins - arroz, massa, esparguete, açúcar, farinha, sal, louro, azeite e vinagre.

Adorei o resultado final... Adorei mesmo! Por isso, não podia deixar de partilhar aqui convosco porque, às vezes, com um pouco de vontade de imaginação e com algumas coisas simples, conseguimos obter resultados bem giros.

____________________________

Como fazer?


Material:

- Frascos de vidro (pode reciclar)

- Tinta de ardósia

- Fitas para delimitar a pintura (em alternativa, pode utilizar fita-cola)

- Pincéis

- Palitos


Forma de fazer:

Escolher os frascos e garantir que a superfície onde vai pintar está limpa e seca.

Delimite a área que quer pintar com fita própria para o efeito (opcionalmente pode utilizar fita-cola). No meu caso, nos frascos mais pequenos, fiz um rectângulo com 5 cm de comprimentos e 4 cm de largura. Nos frascos maiores, fiz um rectângulo com 6 cm de comprimentos e 5 cm de largura.

Pinte, com um pincel, a área delimitada com tinta de ardósia (existem diversas cores - preto, cinza, azul, rosa, verde, etc. Optei por preto). Deixe secar cerca de 20 minutos e retire com cuidado a fita delimitadora.

Com um palito limpe pacientemente algum excesso.

Ao fim de um dia, pode personalizar cada frasco escrevendo a giz o conteúdo do mesmo.


Nota: a tinta de ardósia e a fita existem à venda na secção de pintura do Leroy Merlin (ou outra do género).

__________________________

 

Comentários

  1. Ena! Vou ... COPIAR!!!! Que sugestão tão gira! Parabéns!
    Quanto ao tema da cozinha, tembém tenho a impressão de que é o espaço da casa mais ocupado, ou pelo menos que mais arrumo :(
    Beijinho grande! *

    ResponderEliminar
  2. Ficaram lindos! Adorei a tua ideia! Acho que vou copiar hehehe ficaram mesmo muito giros! Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Tenho essa mesma resolução no início do ano. Ser mais organizada e mais fada do lar!!! Mas porque é que eu não sou mais martha stuart!!! Gostei muito da tua ideia e até tenho lá tinta de ardósia.... Se fizer publico e depois venho aqui dizer!!! ;) Beijinho

    ResponderEliminar
  4. N conhecia a tinta, acho a ideia originalissima!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Olha que boa ideia!!! Nem me tinha lembrado de dar esse uso à tinta de ardósia :D
    Ficarem bem giros!!!!

    Beijinho doce :)

    ResponderEliminar
  6. Ficaram muito giros! Eu tambem organizo com frascos, mas eu sou mais preguiçosa e são simples frascos vidro:)

    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Ficou muito original, o problema é que se apaga com facilidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na verdade achei que se apagassem mais... Mas tambem há sempre um pau de giz à mão caso seja necessário retocar... E se quiser alterar o conteúdo, posso sempre passar com um pano húmido e voltar a escrever :-).

      Eliminar
  8. Obrigado pelas palavras simpáticas! Conto ao longo do ano ir colocando aqui outras ideias deste tipo, que nos ajudem a poupar uns trocos e a dar um toque diferente e personalidade às nossas coisas :-)

    ResponderEliminar
  9. Ah... que giros Sonia !
    Belíssima idéia, ficaram todos iguais, em fileirinha, tão lindinhos !!! :)))

    Eu adorava colocar todos os meus frascos fora e comprar todos iguaizinhos assim como os teus, mas fica dispendioso, ainda... além de que os tenho na despensa e não se veem, com muita pena minha, não tenho espaço na cozinha para os ter à vista, mas adorava !

    Adoro estas idéias, excelente ! :)

    Beijoquinha

    Isabel
    www.blogdochocolate.com
    http://brisa-maritima.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isabel os frascos nao precisam de ser todos iguais, pode até, reciclar frascos de mokambo, polpa de tomate, etc... As vezes na diferença é que esta a graça... E o simples facto de ficarem com os rótulos todos iguais da-lhe aquele ponto em que os torna todos da mesma 'família' :-). Na verdade é dispendioso criar de raiz... Mas se for fazendo com base no que tem acaba por fazer uma graça sem grandes custos... O sal e o louro, o azeite e o vinagre serão para ficar na bancada, à mão. Os restantes frascos serão para ficar arrumados dentro do despenseiro. Ainda assim, da-me mais jeito ter à mão, assim organizado, do que deixar nos pacotes originais... É uma questão de gosto!

      Provavelmente utilizarei esta ideia nos frascos de doce que vou oferecer no Natal do próximo ano... Acho que vao ficar girrissimos

      Eliminar
  10. Ficaram mesmo giros :) super original esta ideia!!
    Obrigado pela visita e simpático comentário!!!

    ResponderEliminar
  11. Olá amiga, eu também já faço isso na minha cozinha há já algum tempinho, gosto de reciclar e por isso uso frascos de vidro de café, azeitonas etc...
    Gostei muito da sugestão da tinta de ardósia, a tua sugestão para rótulos é muito original, uma excelente ideia. Um bom fim de semana.
    Beijinhos
    Ana Pinheiro

    ResponderEliminar
  12. Olá outra vez, vim só dizer que já concorri ao teu passatempo aqui http://saboresaconchegantes.blogspot.pt/2013/01/doce-de-bolacha-e-amendoa.html.

    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Gostei muito desta ideia :) Obrigada pela visita ao meu blog.

    ResponderEliminar
  14. Adorei a ideia, giro, simples e prático.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. A ideia da tinta de ardósia é engraçada. Nunca me passou pela cabeça utilizar, neste caso. Mais uma boa dica. Obrigada.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Pão

Pão... Fazer pão sempre foi para mim uma arte, uma técnica basilar e por essa razão sempre gostei de fazer o meu próprio pão, de experimentar receitas novas, de usar ingredientes novos, novas combinações. Embora não seja nascido no Alentejo, a minha familia é toda alentejana, os sabores sempre foram alentejanos e é a gastronomia com que mais me identifico, de onde o pão é quase a sua base culinária. 
Termos aderido a um novo conceito de alimentação, onde o trigo não entra, fez-me repensar o pão. Apesar de não precisar de pão na minha dieta, somos bombardeados de todo o lado pelo pão... nas reportagens televisivas sobre a Páscoa, nos restaurantes, nas feiras, etc., por isso resolvi pegar nas farinhas aprovadas na alimentação paleo e fazer o meu próprio pão. 
Peguei nos vários conceitos que li sobre o pão, nas várias experiências falhadas nestes meses e produzi o meu Pão, sem glutén, sem trigo e saboroso... nham. Ficou um bocadinho achatado, mas acreditem que ótimo de sabor. 
E é com est…

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Cheesecake aldrabado

Se o mote da nossa vida fosse sempre simplificar, tudo seria mais simples... E delicioso.
Num destes finais de dia fiz Granola. Estava a arrefecer em cima da banca quando começamos a jantar. O cheirinho aromático fez-me ter vontade de improvisar algo para a sobremesa. 
Demorou pouco mais de 30 segundos. Sabia o que tinha no frigorífico. Requeijão de cabra, doce de morango e framboesa... Claro que só podia sair um cheesecake aldrabado. Não tivesse logo eu pensado nele quando comprei o requeijão e as framboesas... Embora estivesse longe de imaginar que a falta de tempo me impossibilitasse de fazer a versão tradicional mas fizesse chegar até mim uma alternativa à altura. O risco é só mesmo ser demasiado rápido de fazer e bom demais. Tão bom que enquanto eu tirava fotos do meu, o marido já estava a comer a segunda taça! Brutal!





Cheesecake aldrabado
Ingredientes: - Granola a gosto (ESTA) - requeijão de cabra a gosto - doce de morango e framboesa a gosto (ESTE) - framboesas para decorar
Preparação: E…