Avançar para o conteúdo principal

Tarte light

Esta foi uma das sobremesas que fiz em férias. Na verdade queria fazer uma queijadas para levar ao piquenique que a Joaninha queria fazer na praia, mas em Lisboa tenho forminhas próprias e aqui ainda não… Tive de improvisar!

Assim, resolvi fazer uma queijada tamanho XL que acabou por ficar soberba e bastante aromática.

Honestamente a textura ficou entre a textura de um pudim e de uma torta, mas em termo de sabor e cremosidade, hummmmmm. A cor ficou absolutamente fantástica e apelativa e por cá devoramo-la em três tempos porque uma fatia pede outra e outra e quando demos conta já não havia nada para contar história.

E por isso escolhi esta receita para participar num aniversário muito especial! Os quatro anos do blog O Meu Refugio Culinário. Poderia lá faltar à festa!

Experimentem e contem, sim?

_______________________

Tarte queijada de cenoura, abóbora e laranja


Ingredientes:

- 400 gr cenoura (peso cru)

- 200 gr de abóbora (peso cru)

- 1 pau canela

- 250 gr de açúcar refinado

- 5 gr de casca de laranja (1/2 laranja)

- 1 colher de chá de canela em pó

- 4 ovos M

- 50 gr de farinha Branca de Neve

- 1 iogurte natural

- manteiga qb para untar a forma


Preparação:

Coloque a cenoura e a abóbora descascadas no cesto da Bimby. Coloque 1 litro de água, aplique o cesto no copo e programe 25 minutos, varoma, velocidade 1. Findo o tempo, escorra a água e deixe arrefecer um pouco os legumes.

Coloque-os no copo e processe (obtive 480 gr de polpa), juntamente com o açúcar, a casca de laranja e a canela, 20 segundos, velocidade 6.

Programe mais 2 minutos, velocidade 3 e junte, progressivamente, os ovos um a um.

Programe mais 1 minuto e meio e junte a farinha e o iogurte natural.

Pré-aqueça o forno a 180º.

Forre uma forma redonda, de fundo amovível, com papel vegetal e manteiga e leve ao forno por 45 minutos, ou até espetar um palito e sair limpo. Deixe arrefecer dentro do forno, aberto.


Alternativa de Preparação:

Coloque a cenoura e a abóbora, descascadas, a cozer num pouco de água, até ficarem tenras. Escorra a água e deixe arrefecer um pouco os legumes. Passe-os no passe-vite ou reduza-os a puré com uma varinha mágica. Junte o açúcar, a raspa de laranja e a canela e misture bem.

Mexendo sempre, junte, progressivamente, os ovos um a um.

Junte a farinha e o iogurte natural e bata mais um pouco.

Pré-aqueça o forno a 180º.

Forre uma forma redonda, de fundo amovível, com papel vegetal e manteiga e leve ao forno por 45 minutos, ou até espetar um palito e sair limpo. Deixe arrefecer dentro do forno, aberto.

______________________

 

Comentários

  1. Olá!!!

    Que barbaridade!!! Essa tarte, está lindissima!!!

    Adorei a receita, as fotos e essa "mistura".

    Super receita!

    Abração,
    Fábio.

    ResponderEliminar
  2. Adorei!!!!!
    Adoro a torta de cenoura!! Não a faço muitas vezes porque reconheço que leva imenso açúcar! Agrada-me muito esta tua mistura!! E fico aqui a matutar nessa textura entre queijada e pudim!! Vou faze-la quando vier de férias!! Já te digo que tal correu!!
    Ainda me hás-de dizer se fizeste outra coisa nas ferias!! :))
    Um beijinho grande.

    ResponderEliminar
  3. Isso só pode estar Muuuuuuiiiiiiito Bom... Huuuuuuuummmmmmmmm!!!
    Beijos Márcia (Rio de Janeiro - Brasil)

    http://decolherpracolher.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Olá...
    Que maravilha de aspecto :).... Adorei :)...
    Beijocas
    Leonor

    http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Que boa torta e bem saudável! A cor está linda.
    Bjos

    ResponderEliminar
  6. Que tarte linda e apetitosa! Só as fotos me deixam de água na boca! Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Ficou com uma textura tão apetitosa! Adorei!
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Que apetitosa !!! Só pode ter ficado muito boa mesmo!!!
    Vou trazer comigo ;)
    Beijoquinhas bem doces amiga :)

    ResponderEliminar
  9. Hummmmmmmmm que delicia que ficou essa tarte Sonia... com um aspeto mesmo de nao se conseguir ficar so por uma fatia!!!

    Excelente!!

    Beijocas

    Margarida

    ResponderEliminar
  10. Tem optimo aspecto e deve ficar uma delicia, nãos e perdeu anda por ter sido grande ou invés de usares as forminhas

    ResponderEliminar
  11. Uma verdadeira perdição. De comer... E eu felizmente comi... E chorar por mais. Come-se em 3 tempos. No meu tempo, no tempo da minha princesinha e no tempo da minha mais que tudo...Soninha. Obrigada minha Chef.

    Mário Marques, teu grande admirador

    ResponderEliminar
  12. Tao saudavel esta tarte...assim da para comermos varias fatias sem peso na consciencia.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Que tentação, a textura é algo de muito bom e está tão guloso. Ai ai tenho de deixar disto à hora do lanche.

    Beijos

    ResponderEliminar
  14. Tem um aspeto tão tentador, a textura está deliciosa, quem resiste?!
    Gosto muito de receitas com cenoura.
    Bjns
    Isabel

    ResponderEliminar
  15. Querida Sonia,

    Já me roubaste os adjectivos que queria usar ! lol
    Adorei esta tarte, tem uma textura irrepreensível e o sabor deve ser, sim, divinal ! :)
    Gosto muito da conjugação dos três principais ingredientes que lhe conferiram uma cor fabulosa !

    Beijinhos minha linda ! :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Pão

Pão... Fazer pão sempre foi para mim uma arte, uma técnica basilar e por essa razão sempre gostei de fazer o meu próprio pão, de experimentar receitas novas, de usar ingredientes novos, novas combinações. Embora não seja nascido no Alentejo, a minha familia é toda alentejana, os sabores sempre foram alentejanos e é a gastronomia com que mais me identifico, de onde o pão é quase a sua base culinária. 
Termos aderido a um novo conceito de alimentação, onde o trigo não entra, fez-me repensar o pão. Apesar de não precisar de pão na minha dieta, somos bombardeados de todo o lado pelo pão... nas reportagens televisivas sobre a Páscoa, nos restaurantes, nas feiras, etc., por isso resolvi pegar nas farinhas aprovadas na alimentação paleo e fazer o meu próprio pão. 
Peguei nos vários conceitos que li sobre o pão, nas várias experiências falhadas nestes meses e produzi o meu Pão, sem glutén, sem trigo e saboroso... nham. Ficou um bocadinho achatado, mas acreditem que ótimo de sabor. 
E é com est…

Cheesecake aldrabado

Se o mote da nossa vida fosse sempre simplificar, tudo seria mais simples... E delicioso.
Num destes finais de dia fiz Granola. Estava a arrefecer em cima da banca quando começamos a jantar. O cheirinho aromático fez-me ter vontade de improvisar algo para a sobremesa. 
Demorou pouco mais de 30 segundos. Sabia o que tinha no frigorífico. Requeijão de cabra, doce de morango e framboesa... Claro que só podia sair um cheesecake aldrabado. Não tivesse logo eu pensado nele quando comprei o requeijão e as framboesas... Embora estivesse longe de imaginar que a falta de tempo me impossibilitasse de fazer a versão tradicional mas fizesse chegar até mim uma alternativa à altura. O risco é só mesmo ser demasiado rápido de fazer e bom demais. Tão bom que enquanto eu tirava fotos do meu, o marido já estava a comer a segunda taça! Brutal!





Cheesecake aldrabado
Ingredientes: - Granola a gosto (ESTA) - requeijão de cabra a gosto - doce de morango e framboesa a gosto (ESTE) - framboesas para decorar
Preparação: E…