Avançar para o conteúdo principal

Limão... E um aniversario!

Há coisas que não têm explicação, em minha opinião. Porque razão há sabores que ligam tão bem uns com os outros? E outros nem por isso? Diria que o tema dá pano para mangas e o fórum certo seria, talvez, uma tese de doutoramento.

Sendo leiga nestes assunto, mais do que compreender porque razão este ou aquele sabores ligam, prefiro testar todas as combinações já dadas como certas e todas aquelas que ainda há a descobrir, porque este mundo da culinária, diria, é infinito e o limite é mesmo a nossa imaginação. No fundo é como quem conta um conto e lhe acrescenta um ponto… Nestas coisas da culinária é assim que funciona… Ajustar receitas ao nosso palato, como dizem os ingleses, fazer um twist da receita!

A certa altura dou por mim a pensar qual é então a receita original de cada receita? Faço-me entender? Qual é a receita original do ‘Bacalhau à Brás’? Será que o Sr. Brás a deixou escrita?? Será que o senhor dá voltas no túmulo sempre que decidimos simplificá-la ou perfilhar outras receitas que utilizem a mesma técnica, trocando o bacalhau por outros peixes, carnes, ou mesmo legumes?

Como diz uma amiga minha, eu sou um bocado ‘idiota’… Idiota de ter muitas ‘ideias’ e pensar muito nas coisas… E às vezes parece que voltei à idade dos porquês… Mas que estas dúvidas todas me assolam, lá isso não posso negar.

Assim como não posso negar o quanto adoro arroz doce… Não pelo arroz, não por ser doce, mas porque adoro a combinação do limão e da canela, mais um daqueles casamentos perfeitos… E por isso resolvi fazer um pequeno-almoço em jeito de gulodice… A transpirar aroma de limão e canela por todos os poros… Adoramos a combinação cá por casa e por isso não podia deixar de partilhar convosco esta refeição.

E especialmente com a Carla do blog 'Acção na Cozinha' que faz 3 anos de existência. Eu não quis faltar à festa. Por menos tempo que tenha tento sempre participar, porque se assim não for, que sentido faz haver passatempos? Claro está que o blog da Carla é uma das cozinhas que me inspira por isso nao poderia deixar de aplaudir de pé estes 3 anos fantásticos de receitas fantásticas. Não deixem de visitar.

Quanto às receitas, o Kefir acaba por ligar muito bem com o travo ácido do limão e a doçura e aroma da canela e atribui uma textura única e fofa às panquecas. Claro que o mel, liga tudo na perfeição… Seria bom que todos os pequenos almoços pudessem ser assim… Sem duvida a minha forma preferida de beber Kefir! Experimentem e digam o que acharam.

____________________

Panquecas com kefir

[serve 3 pessoas]


Ingredientes:

- 1 ovo S

- 1 colher de chá de Becel líquida + qb para untar frigideira

- 1 colher de sopa de açúcar

- 1 maçã amarela ralada

- raspa de 1/2 limão

- 150 gr de leite kefirizado 24H

- 140 de farinha T55

- 1 colher de café de fermento para bolos


Preparação:

Misture o ovo com o açúcar e a manteiga. Junte a raspa de limão e a maçã ralada. Peneire a farinha e o fermento e junte à mistura líquida mexendo o suficiente para ligar. Coloque no frigorífico cerca de 15 minutos a repousar.

Aqueça uma frigideira antiaderente, untada com um pouco de Becel líquida (retire o excesso com um papel de cozinha). Com uma concha da sopa, deite colheradas de massa para a frigideira e deixe cozinhar em lume brando cada um dos lados. Estão prontas a ser voltadas quando começar a ver a massa a borbulhar no topo.


Nota: Sirva quentinhas com mel e amêndoa laminada. Mel de Portugal, claro!

______________________

Kefir com limão e canela

[serve 2 pessoas]


Ingredientes:

- 400 gr de leite kefirizado 24H

- 35 gr de açúcar

- 1 casca de limão (só o vidrado, sem a parte branca)

- 1 colher de chá de canela em pó


Preparação:

Coloque todos os ingredientes no copo da Bimby e processe 45 segundos, velocidade 7. Sirva de imediato polvilhado de canela a gosto ou leve para o trabalho/escola em garrafinhas para beber a meio da manhã ou da tarde.


Alternativa de Preparação:

Rale um pouco de casca de limão (não em demasia senão fica demasiado ácido) . Junte ao açúcar, ao leite kefirizado e à canela e misture muito bem (se tiver um liquidificador processe um pouco). Sirva de imediato polvilhado de canela a gosto ou leve para o trabalho/escola em garrafinhas para beber a meio da manhã ou da tarde.

_____________________

 

Comentários

  1. Gostei do pormenor do Sr. Brás a dar a volta no tumulo com as alterações da receita :D hehehe bem esse pequeno almoço é digno de campeões :D Ficou espetacular.

    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Adorei o texto introdutório :) O pequeno almoço ficou uma maravilha, adoro aos sábados fazer pequenos almoços assim :)

    Beijinhos
    Joana

    ResponderEliminar
  3. Que pequeno almoço excelente. Fiquei gulosa :)
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  4. Óptimo aspecto!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Olá, querida!

    Que sobremesa linda! Adorei essa receita!
    Vou fazer com toda a certeza.

    Um forte abraço,
    Fábio.

    ResponderEliminar
  6. Adorei o pequeno almoço. Uma delicia!

    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Muito obrigada pela participação e pelas palavras carinhosas.
    Adorei a sugestão e já sei onde vou usar o meu kéfir :)

    ResponderEliminar
  8. Bem o texto introdutório está demais. Fartei-me de rir com as tuas palavras!
    O pequeno almoço está uma delícia! Essas panquecas de kéfir, nham...vou ter que experimentar!
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  9. Acabei o pequeno-almoço e já tomava outra vez!
    Essas panquecas estão uma tentação...e o kefir, ando curiosa para experimentar!
    beijinhos e um bom dia :)

    ResponderEliminar
  10. Gostei imenso da tua sugestão, e estou certa que a Carla irá adorar também :)
    Melhor só mesmo provar!!!

    ResponderEliminar
  11. Adorei! Parabéns por este pequeno tesouro. Beijinhos,

    ResponderEliminar
  12. As panquecas ficaram maravilhosas, que participação tão bonita e gulosa.

    ResponderEliminar
  13. :D Coitado do Sr. Brás ... no que me diz respeito o coitado do sr anda ás voltas mesmo!!! :D
    As panquecas ficaram deliciosas :) hummmm
    Beijoquinhas doces :)

    ResponderEliminar
  14. tenho um kefir á cerca de 1 semana, ainda ainda não cozinhei com ele...tenho de experimentar
    esta receita parece-me um óptimo começo!!!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Eu também tenho muitos porquês mas vou ficar sem essas respostas pois acho impossível esclarecer muitas!!!Enfim,como dizes vamos testando e experimentando...
    Estas panquecas estão uma delicia...Eu também gosto de "beber" kéfir desta maneira...
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  16. Oi minha linda... eu tenho os meus bicharocos a fazer queijinhos de momento ehehehhee... mas gostei das sugestoes sem duvida nenhuma!!! Uma verdadeira tentaçao!!

    Beijocas

    Margarida

    ResponderEliminar
  17. Parece delicioso… Aliás, como tudo o que você posta em seu Blog :0)
    Beijos Márcia (Rio de Janeiro - Brasil)

    http://decolherpracolher.blogspot.com

    ResponderEliminar
  18. Olá!
    Que panquecas deliciosas! De certeza deliciosas... que perfeito pequeno almoço!
    Bjs

    ResponderEliminar
  19. Olá, gosto de combinar sabores e fazer tentativas e às vezes faço-me as mesmas perguntas.
    Esta é uma bela sugestão para panquecas :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Pão

Pão... Fazer pão sempre foi para mim uma arte, uma técnica basilar e por essa razão sempre gostei de fazer o meu próprio pão, de experimentar receitas novas, de usar ingredientes novos, novas combinações. Embora não seja nascido no Alentejo, a minha familia é toda alentejana, os sabores sempre foram alentejanos e é a gastronomia com que mais me identifico, de onde o pão é quase a sua base culinária. 
Termos aderido a um novo conceito de alimentação, onde o trigo não entra, fez-me repensar o pão. Apesar de não precisar de pão na minha dieta, somos bombardeados de todo o lado pelo pão... nas reportagens televisivas sobre a Páscoa, nos restaurantes, nas feiras, etc., por isso resolvi pegar nas farinhas aprovadas na alimentação paleo e fazer o meu próprio pão. 
Peguei nos vários conceitos que li sobre o pão, nas várias experiências falhadas nestes meses e produzi o meu Pão, sem glutén, sem trigo e saboroso... nham. Ficou um bocadinho achatado, mas acreditem que ótimo de sabor. 
E é com est…

Cheesecake aldrabado

Se o mote da nossa vida fosse sempre simplificar, tudo seria mais simples... E delicioso.
Num destes finais de dia fiz Granola. Estava a arrefecer em cima da banca quando começamos a jantar. O cheirinho aromático fez-me ter vontade de improvisar algo para a sobremesa. 
Demorou pouco mais de 30 segundos. Sabia o que tinha no frigorífico. Requeijão de cabra, doce de morango e framboesa... Claro que só podia sair um cheesecake aldrabado. Não tivesse logo eu pensado nele quando comprei o requeijão e as framboesas... Embora estivesse longe de imaginar que a falta de tempo me impossibilitasse de fazer a versão tradicional mas fizesse chegar até mim uma alternativa à altura. O risco é só mesmo ser demasiado rápido de fazer e bom demais. Tão bom que enquanto eu tirava fotos do meu, o marido já estava a comer a segunda taça! Brutal!





Cheesecake aldrabado
Ingredientes: - Granola a gosto (ESTA) - requeijão de cabra a gosto - doce de morango e framboesa a gosto (ESTE) - framboesas para decorar
Preparação: E…