Avançar para o conteúdo principal

Mais kefir

As aventuras com kefir continuam. Ainda que não represente nenhum ciência exata, já que face às outras receitas que tenho colocado apenas varia o sabor que conjugo com o kefir, na verdade são apenas algumas soluções, algumas ideias, alguma inspiração para quem não sabe como beber o kefir.

E acreditem que todos os dias são dias de beber kefir; acabou por ser um hábito enraizado que foi, inclusive, validado pela nutricionista que acompanha o Mário. O que só pode ser um bom sinal, verdade?

Pois bem, desta vez, resolvi misturar banana e baunilha, pasta de baunilha. Como já algumas pessoas me perguntaram o que é, que aspeto tem e onde podem comprar, resolvi incluir na foto. Como se pode perceber, tem uma textura ligeiramente mais grossa que a essência e na verdade é feita com baunilha (ao contrário de algumas essências que são feitas apenas com corante). A pasta traz, inclusive, sementes o que, em minha opinião, acaba por dar um toque muito bonito. Claro está que quem não tem cão, caça com gato e se não tiverem pasta podem utilizar essência. Para quem é da zona de Lisboa, e quiser comprar a pasta de baunilha, pode fazê-lo na loja Ayur. Tem este e outros produtos muito interessantes.

Espero que gostem desta sugestão. Os pequenos almoços devem ser variados e são uma base essencial do nosso dia. Devem conter lacticínios, fibras e fruta. Se adicionarem sementes de linhaça, por exemplo, ao batido, conseguem num só copo ter um pequeno almoço completo. Pensem nisso!

_____________________

Batido de kefir, banana e baunilha

[serve 2 pessoas]


Ingredientes:

- 400 gr de leite kefirizado 24H

- 45 gr de banana (1/2 banana)

- 1 colher de café de pasta de baunilha

- 50 gr de mel


Preparação:

Coloque todos os ingredientes no copo da Bimby e programe 45 segundos, velocidade 7. Sirva de imediato ou leve em garrafinhas para o trabalho/escola.


Alternativa de preparação:

Esmague bem a banana e misture com o mel e a pasta de baunilha. Misture bem com o leite kefirizado (se tiver um liquidificador processe muito bem até obter uma bebida homogénea sem grumos). Sirva de imediato ou leve em garrafinhas para o trabalho/escola.

___________________

 

Comentários

  1. Também tenho feito alguns batidos com kefir, mas ainda não fiz de banana! Vou ter que experimentar :)

    Beijinhos e bom fim-de-semana*

    ResponderEliminar
  2. Ficam uma delicia estes batidos, são pura vitamina.

    Beijocas

    Paula

    ResponderEliminar
  3. Pois também tens razao nisso da pasta de baunilha!! Algumas essencias so têm cor! A falares assim até me parecias o Jamie Oliver!! Adoro tudo o que leve baunilha! Agora poe banana e nao digo mesmo que não!! Ai quando eu deite a mão ao Kefir!!
    Um beijinho e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. Mônica se passar com o rato no textinho por cima de 'loja Ayur' esta o link para o local onde pode adquirir a pasta de baunilha. Espero ter ajudado.

      Eliminar
  5. Eu adoro os batidos de kéfir. Já fiz com banana e morango, com maça, kiwi, bem com o que tenho á mão. Lol!
    Às vezes junto 1 ou 2 bolachas maria.
    Agora a ultima dica de levar para o trabalho, é que já nao sei se estou de acordo, pois tenho a ideia que já não ficam tão bons. Acho que perdem propriedades, penso eu, mas se calhar até não.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Solita eu costumo fazer o batido às 7:30 e bebê-lo às 9:00 e honestamente fica tão bom como acabado de fazer. Segundo sei, ate 12h depois nao perde as propriedades e pode ser refrigerado. Pode ver aqui http://www.umapedradesal.blogspot.pt/2013/04/kefir-for-dummies.html. Espero ter ajudado!

      Eliminar
    2. Obrigada Pedrinha de sal, então vou fazer o mesmo, achei que perdieria propriedades.
      jINHOS
      Vou continar a passar por cá para experimentar estas receitas.

      Eliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  7. Mais uma vez esses "bicinhos" que não conheço fazem uma delícia!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Nutritivo e, certamente, delicioso! A minha mãe tinha Kefir e eu cresci a comer este tipo de batidos... muito bom!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. La por casa kefir é coisa que nao falta... faço batidos, bebo simples etc... etc... e de momento estou a fazer queijos de kefir!!!

    Excelente a tua sugestao!!!

    Beijocas

    Margarida

    ResponderEliminar
  10. estamos em sintonia tb ando a experimentar com o kefir :)
    o teu batido deve ter ficado delicioso!

    ResponderEliminar
  11. O batido assim com a pasta de baunilha deve ter ficado bem saboroso! Tens toda razão, pois a pasta é muito melhor que o aroma que encontramos à venda.
    Beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  12. que bom que deve ser....
    beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  13. bom dia.
    costumo acompanhar o teu blog, mas nunca tinha comentado. ja tive conhecimento do kefir à uns anos e ate ja provei... so me falta a dita couve flor. poderias arranjar me?
    bom fim de semana
    beijinhos
    silvia, alenquer

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim Silvia, sem problema. Posso enviar-lhe por correio. No entanto, vai demorar umas duas semanas porque entretanto ele terá de se reproduzir e ja tenho uma menina para doar para a semana. Envie-me um email por favor para combinarmos, sim? Sonialegre@gmail.com

      Eliminar
  14. Hei-de-me aventurar no kefir. Tenho algumas reticências por ter provado (puro) e não ter gostado. Mas, acredito que aromatizado seja agradável.

    A loja Ayur está na minha lista de lojas a visitar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana sem duvida que simples é intragável... :-) pelo menos para mim. Mas olha que de inicio precisava de maior quantidade de açúcar do que agora! É tudo uma questão de habito :-)

      Eliminar
  15. Olá
    Adoro batido de banana e gostei muito do uso do kefir, pois é muito saudável!
    Te desejo uma linda semana.
    Bjim
    Léia

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Pão

Pão... Fazer pão sempre foi para mim uma arte, uma técnica basilar e por essa razão sempre gostei de fazer o meu próprio pão, de experimentar receitas novas, de usar ingredientes novos, novas combinações. Embora não seja nascido no Alentejo, a minha familia é toda alentejana, os sabores sempre foram alentejanos e é a gastronomia com que mais me identifico, de onde o pão é quase a sua base culinária. 
Termos aderido a um novo conceito de alimentação, onde o trigo não entra, fez-me repensar o pão. Apesar de não precisar de pão na minha dieta, somos bombardeados de todo o lado pelo pão... nas reportagens televisivas sobre a Páscoa, nos restaurantes, nas feiras, etc., por isso resolvi pegar nas farinhas aprovadas na alimentação paleo e fazer o meu próprio pão. 
Peguei nos vários conceitos que li sobre o pão, nas várias experiências falhadas nestes meses e produzi o meu Pão, sem glutén, sem trigo e saboroso... nham. Ficou um bocadinho achatado, mas acreditem que ótimo de sabor. 
E é com est…

Cheesecake aldrabado

Se o mote da nossa vida fosse sempre simplificar, tudo seria mais simples... E delicioso.
Num destes finais de dia fiz Granola. Estava a arrefecer em cima da banca quando começamos a jantar. O cheirinho aromático fez-me ter vontade de improvisar algo para a sobremesa. 
Demorou pouco mais de 30 segundos. Sabia o que tinha no frigorífico. Requeijão de cabra, doce de morango e framboesa... Claro que só podia sair um cheesecake aldrabado. Não tivesse logo eu pensado nele quando comprei o requeijão e as framboesas... Embora estivesse longe de imaginar que a falta de tempo me impossibilitasse de fazer a versão tradicional mas fizesse chegar até mim uma alternativa à altura. O risco é só mesmo ser demasiado rápido de fazer e bom demais. Tão bom que enquanto eu tirava fotos do meu, o marido já estava a comer a segunda taça! Brutal!





Cheesecake aldrabado
Ingredientes: - Granola a gosto (ESTA) - requeijão de cabra a gosto - doce de morango e framboesa a gosto (ESTE) - framboesas para decorar
Preparação: E…