Avançar para o conteúdo principal

Portobelos

Há dias em que acordamos simplesmente inspirados… Outros há em que nos deixamos inspirar pelo que nos rodeia…

Não escondo o quanto adoro praças, praças a sério como a de Benfica ou de Cascais, ainda que a que me encha mesmo as medidas seja a de Benfica. É uma praça multicultural, com produtos diferentes do habitual, com cheiros característicos e uma diversidade que me faz suspirar… Não fosse a Joana fazer-me aterrar porque odeia lá andar, não vê interesse algum, confesso que me podiam deixar por lá um dia inteiro… Nem precisavam de me alimentar!

Pois numa dessas passagens por lá trouxe um carrinho cheio de coisas boas que acabaram por ser determinantes nas refeições da semana… É tão bom abrir o frigorífico e apetecer-nos fazer tantas coisas diferentes… Chega a ser um pensamento egoísta quando pensamos em tantas pessoas que passam necessidades sérias nos tempos que correm.

Pois bem, num desses momentos inspiradores resolvi rechear uns cogumelos portobelo fantásticos que comprei. Se inicialmente foram pensados como entrada, acabaram por ser uma excelente refeição principal, acompanhados de uma salada de rúcula e alface. Rúcula fresca, com raízes e tudo, comprada ma praça! E eu que em tempos achei que a rúcula nascia nos pacotes do supermercados…

Estes cogumelos só tiveram um senão e há que dizê-lo com frontalidade para que não passem pela mesma questão que eu… Comprei malaguetas vermelhas, daquelas compridas e resolvi utilizar uma inteira no recheio… Costumo utilizá-las quando faço comida mexicana e normalmente acho que são bastante suaves… Pois estas não eram! E nem preciso de dizer o quanto ficaram picantes!!!! Mesmo depois de lhes tirar todas as sementes e fibras brancas! Assim, sugiro que sejam moderados na sua utilização, ou simplesmente não utilizem.

________________________

Portobelos recheados


Ingredientes:

- 300 gr de cogumelos portobelo (eram 4)

- 130 gr de queijo creme

- 40 gr de azeitonas verdes

- 1 colher de sobremesa de alcaparras de conserva

- 10 gr de salsa picada (um ramo generoso)

- 1 malagueta vermelha (20 gr, mas é opcional a sua utilização)

- ¼ de pimento vermelho

- 20 gr de pinhões

- 10 gr de queijo parmesão ralado + qb

- Azeite qb


Preparação:

Limpe bem os cogumelos com um pano molhado. Os cogumelos contêm muita água na sua composição, se os lavar, quando cozinhados vão acabar por libertar demasiada água. O ideal será sempre limpá-los com um pano molhado e depois secá-los bem com papel absorvente ou um pano de algodão. Remova o pé, libertando a zona que será preenchida.

Comece a preparar o recheio. Pique as azeitonas verdes e as alcaparras, escorra bem todo o líquido que possam conter. Pique grosseiramente os pinhões. Corte o pimento vermelho em cubinhos.

Numa tigela junte o queijo creme com a salsa picadinha, as azeitonas, as alcaparras e os pinhões. Adicione os cubinhos de pimento, a malagueta vermelha às rodelas (se gostar e na quantidade que desejar) e o queijo parmesão ralado. Misture bem e divida este recheio pelos cogumelos. Polvilhe com um pouco de parmesão ralado antes de levar ao forno.

Pré-aqueça o forno a 220º.

Num tabuleiro de forno coloque um fio de azeite. Disponha os cogumelos recheados e leve ao forno por 10 minutos. Findo o tempo aumente para a temperatura máxima e deixe alourar por mais 10 minutos.

Sirva acompanhado de uma bela salada ou distribua apenas umas folhas de rúcula por cima.


Nota: Se não encontrar cogumelos portobelo, não deixe de fazer a receita por isso! Fica igualmente boa com cogumelos Paris. Quanto aos pés dos cogumelos, pode congela-los e utilizá-las numa base de vegetais de uma sopa.

______________________

 

Comentários

  1. Cogumelos recheados!! E com um recheio pouco comum em relação ao que costumamos ver! Adoro! :)

    Gostava de ter oportunidade de passear pelas praças!

    ResponderEliminar
  2. Há imenso tempo que ando para experimentar cogumelos recheados. Esse parecem deliciosos :)

    ResponderEliminar
  3. Ficaram deliciosos e lindos :) gosto muito de portobelos recheados e fazem uma excelente refeição.
    Bjns
    Isabel

    ResponderEliminar
  4. Adoro cogumelos Portobello, e também gosto muito de os comer recheados :D

    Beijinhos e tem uma óptima semana! :D

    ResponderEliminar
  5. Que bom aspecto, eu gosto tanto de cogumelos!

    ResponderEliminar
  6. Percebo-te bem, costumo fazer as minhas compras de "frescos" no mercado de Benfica :)
    Esses cogumelos ficaram com um aspecto delicioso!
    Beijinho e boa semana !

    ResponderEliminar
  7. Adoro cogumelos portobelo, são deliciosos e recheados ficam verdadeiras tentações! Que maravilha de sugestão!
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Adoro cogumelos recheados, sou assim mega fã :P e o recheio dos teus deixou-me de água na boca :)
    Também adoro ir a praças, apetece-me trazer tudos, tantas cores e feitios, tudo a chamar para ser levado :)

    Beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  9. Se gostas de mercados então tens de ir ao de Alvalade!!!Vais perder te....
    Ficaram bem bons os teus cogumelos mas para mim é sem picante!!!
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  10. Também adoro perder-me em mercados :)
    Adorei esse cogumelos, pelos ingredientes só podem ser maravilhosos!!
    beijinhos e uma boa semana :)

    ResponderEliminar
  11. Que delícia vou levar a receita
    boa semana
    beijos

    ResponderEliminar
  12. Nossa!!!
    Maravilhosos!

    Um abraço, Fábio.

    ResponderEliminar
  13. Hummm que bom aspecto!! O meu jantar foi há horas, agora iam como ceia :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Bela sugestão!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Não sei onde vou desencantar os Portoblello aqui na Sibéria, mas se nao encontro faço com outra coisa!!
    Ainda bem que acordas inspirada minha querida!! Olha so o resultado! Os meus ataques de inspiração resultam depois de um ataque de stress!! Enfim....
    Levo um cogumelo comigo!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lindona faz com os normais, servem perfeitamente. Gulosa que é gulosa so os aprecia por causa do recheio ;-)

      Eliminar
  16. Que inspiração mais fabulosa!!
    Beijinhos grandes,
    Lia.

    ResponderEliminar
  17. Hum...adoro cogumelos e esta inspiração faz-nos babar! Que delícia|!

    ResponderEliminar
  18. Maravilhosos esses portobelos, minha linda !!!
    O recheio apela a que nos percamos nos sabores intensos que o compõem !

    E também eu adoro mercados, praças e afins... desde pequena que a Mãe me levava com ela e aprendi a olhar, a escolher, até a regatear se preciso for !
    Acho imensa graça ao facto de cumprimentar pessoas que já vejo há tantos anos semper na mesma barraquinha ! :)

    Beijinhos grandes

    Isabel
    www.blogdochocolate.com
    http://brisa-maritima.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, mais uma coisa em comum minha querida! Tambem eu vou quase sempre a mesma banca :-)

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Pão

Pão... Fazer pão sempre foi para mim uma arte, uma técnica basilar e por essa razão sempre gostei de fazer o meu próprio pão, de experimentar receitas novas, de usar ingredientes novos, novas combinações. Embora não seja nascido no Alentejo, a minha familia é toda alentejana, os sabores sempre foram alentejanos e é a gastronomia com que mais me identifico, de onde o pão é quase a sua base culinária. 
Termos aderido a um novo conceito de alimentação, onde o trigo não entra, fez-me repensar o pão. Apesar de não precisar de pão na minha dieta, somos bombardeados de todo o lado pelo pão... nas reportagens televisivas sobre a Páscoa, nos restaurantes, nas feiras, etc., por isso resolvi pegar nas farinhas aprovadas na alimentação paleo e fazer o meu próprio pão. 
Peguei nos vários conceitos que li sobre o pão, nas várias experiências falhadas nestes meses e produzi o meu Pão, sem glutén, sem trigo e saboroso... nham. Ficou um bocadinho achatado, mas acreditem que ótimo de sabor. 
E é com est…

Cheesecake aldrabado

Se o mote da nossa vida fosse sempre simplificar, tudo seria mais simples... E delicioso.
Num destes finais de dia fiz Granola. Estava a arrefecer em cima da banca quando começamos a jantar. O cheirinho aromático fez-me ter vontade de improvisar algo para a sobremesa. 
Demorou pouco mais de 30 segundos. Sabia o que tinha no frigorífico. Requeijão de cabra, doce de morango e framboesa... Claro que só podia sair um cheesecake aldrabado. Não tivesse logo eu pensado nele quando comprei o requeijão e as framboesas... Embora estivesse longe de imaginar que a falta de tempo me impossibilitasse de fazer a versão tradicional mas fizesse chegar até mim uma alternativa à altura. O risco é só mesmo ser demasiado rápido de fazer e bom demais. Tão bom que enquanto eu tirava fotos do meu, o marido já estava a comer a segunda taça! Brutal!





Cheesecake aldrabado
Ingredientes: - Granola a gosto (ESTA) - requeijão de cabra a gosto - doce de morango e framboesa a gosto (ESTE) - framboesas para decorar
Preparação: E…