Avançar para o conteúdo principal

O amor está no ar!

Adoro o dia dos namorados... Há dois dias de calendário que para mim são sinónimo de mimos - o meu dia de anos e o dia dos namorados. Não que os restantes dias não o sejam, especialmente, quando vivemos com um príncipe encantado, mas apenas esó porque estes, em concreto, são o culminar de muitos momentos bons, representam tudo aquilo que tenho a sorte de ter/viver.

Para mim o dia dos namorados é daqueles dias em que é permitida qualquer lamechisse, em que se anda de mão dada na rua, em que se trocam postais... Tenha-se 12, 21 ou 102 anos... Talvez por viver eternamente apaixonada... Talvez por a minha vida ser uma constante banda sonora de um filme romântico...

No corre corre habitual, às vezes não é possível festejar este dia como queríamos... O meu dia hoje começou as 6 da manhã e irá terminar por volta das 21:30... Hora a que irei buscar a princesa. Por isso, soluções para surpreender a cara metade têm de ser criativas, mas especialmente que demorem pouco tempo. Resolvi fazer este miminho para o pequeno almoço, a lembrar o primeiro pequeno almoço que fiz quando começamos a namorar... Com mais ou menos tempo contado, tem de haver sempre tempo para o romance.

Viva o amor! Vivam os bons momentos! E não se esqueçam que mais importante do que os bens que se oferecem, são os momentos, o estar a 100%.

Hoje, vá-se lá perceber porquê, não consigo deixar de trautear ESTA canção... Não porque a subscreva, mas porque sei que é este o estereotipo... E eu tenho a excepção à regra! Um feliz dia dos namorados para todos!

_______________________

Waffles Integrais

[faz 6]

Ingredientes:

- 100 gr de farinha integral

- 25 gr de farinha T65

- 1 pitada de sal

- 1 colher de cafe de fermento em pó

- 1 colher de sopa de mel de rosmaninho (pode comprar AQUI)

- 1 ovo L

- 180 ml de leite de soja

- 25 gr de Becel líquida

- mel e amêndoa qb para acompanhar

- açúcar e canela qb para acompanhar


Preparação:

Bata a clara em castelo. Reserve.

Misture a gema de ovo com o leite e o mel. Misture os ingredientes secos e junte aos poucos à mistura anterior, alternando com a clara batida em castelo.

Numa máquina de fazer waffles vá deitando colheradas de massa até esgotar os ingredientes.

Sirva quentes com mel e amêndoas, açúcar e canela ou qualquer outra combinação da sua preferência. Pode separar os corações ou não.

________________________

 

Comentários

  1. Um pequeno almoço doce e cheio de Amor....há lá coisa melhor?!?
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  2. E um bom dia dos Namorados, minha Linda, para ti também!!!!! É preciso é muita imaginação e muito Amor para superar o dia a dia.... beijos enormes para vocês.

    ResponderEliminar
  3. O amor tem destas coisas :-) happy Valentine!!

    Beijinhos

    Ps: ja recebeste a prenda??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda nao Catarina, prometo que assim que chegue te digo alguma coisa, sim? Obrigado pela visita!

      Eliminar
  4. :) Um pequeno almoço cheio de amor!
    Não importa o valor material... importa o que sentimos .
    Beijinho grande !

    ResponderEliminar
  5. Que lindo... todos os dias para mim sao dias de namorar... eheheeh Ja estou com o meu marido ha 21 anos, 3 de namoro e 18 de casamento, mas ainda temos tempo para o romance e o amor!!! Faz hoje 2 anos que eu passei o dia no bloco operatorio, quando cheguei ao quarto estava lá o meu marido com um enorme ramo de rosas vermelhas....

    Excelentes os teus Walles

    Beijocas

    MArgarida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ha maridos fantásticos Margarida... Ja vi que o teu é cá dos meus :-)

      Eliminar
  6. Ficaram lindas e saborosas, imagino eu...
    Beijocas,
    Lia.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Pão

Pão... Fazer pão sempre foi para mim uma arte, uma técnica basilar e por essa razão sempre gostei de fazer o meu próprio pão, de experimentar receitas novas, de usar ingredientes novos, novas combinações. Embora não seja nascido no Alentejo, a minha familia é toda alentejana, os sabores sempre foram alentejanos e é a gastronomia com que mais me identifico, de onde o pão é quase a sua base culinária. 
Termos aderido a um novo conceito de alimentação, onde o trigo não entra, fez-me repensar o pão. Apesar de não precisar de pão na minha dieta, somos bombardeados de todo o lado pelo pão... nas reportagens televisivas sobre a Páscoa, nos restaurantes, nas feiras, etc., por isso resolvi pegar nas farinhas aprovadas na alimentação paleo e fazer o meu próprio pão. 
Peguei nos vários conceitos que li sobre o pão, nas várias experiências falhadas nestes meses e produzi o meu Pão, sem glutén, sem trigo e saboroso... nham. Ficou um bocadinho achatado, mas acreditem que ótimo de sabor. 
E é com est…

Cheesecake aldrabado

Se o mote da nossa vida fosse sempre simplificar, tudo seria mais simples... E delicioso.
Num destes finais de dia fiz Granola. Estava a arrefecer em cima da banca quando começamos a jantar. O cheirinho aromático fez-me ter vontade de improvisar algo para a sobremesa. 
Demorou pouco mais de 30 segundos. Sabia o que tinha no frigorífico. Requeijão de cabra, doce de morango e framboesa... Claro que só podia sair um cheesecake aldrabado. Não tivesse logo eu pensado nele quando comprei o requeijão e as framboesas... Embora estivesse longe de imaginar que a falta de tempo me impossibilitasse de fazer a versão tradicional mas fizesse chegar até mim uma alternativa à altura. O risco é só mesmo ser demasiado rápido de fazer e bom demais. Tão bom que enquanto eu tirava fotos do meu, o marido já estava a comer a segunda taça! Brutal!





Cheesecake aldrabado
Ingredientes: - Granola a gosto (ESTA) - requeijão de cabra a gosto - doce de morango e framboesa a gosto (ESTE) - framboesas para decorar
Preparação: E…