Avançar para o conteúdo principal

Filetes de peixe panados

Adoro filetes de peixe! Especialmente de peixe espada preto! Mas são tão caros, que às vezes acabo por não comprar... Para matar saudades, costumo comprar na Makro uns igualmente bons, mas a metade do preço - filetes de linguado.

Este fim-de-semana, para participar no desafio a decorrer na pagina de facebook da Espiga, resolvi experimentar um novo tempero e panar com pão ralado, em vez de apenas ovo. Ficaram muito bons e estaladiços. O truque de passar por farinha de milho em vez de farinha de trigo faz mesmo a diferença!

Pena mesmo foi, depois de tanto trabalho, a receita não ser admitida a concurso porque usei apenas uma das misturas de especiarias novas e não duas, como diziam as regras... Confesso que fiquei frustrada... Mas regras são regras e lá tenho de aceitar o argumento...

Seja como for, a concurso ou não, resultou numa excelente refeição. Adorámos e ainda deu para incluir na marmita do dia seguinte!

_____________________

Filetes aromáticos panados

[serve 4 pessoas]


Ingredientes:

- 8 filetes de linguado

- sumo de 1 limão

- sal refinado qb

- mistura de salsa e alho Espiga

- mistura de salsa e limão Espiga

- óleo para fritar

- 1 embalagem de pão ralado alho e salsa Espiga

- farinha de milho Espiga para panar

- 2 ovos


Preparação:

Tempere os filetes com sal refinado, as misturas Espiga e o sumo de um limão. Deixe repousar uns minutos.

Coloque o óleo a aquecer e passe, sucessivamente, cada filete pela farinha de milho, pelo ovo batido e pelo pão ralado. Frite e coloque a escorrer em papel absorvente.

Acompanhe com um arroz malandrinho de espinafres e um salteado de cebola, courgete e cenoura. Bom apetite!


Nota: Para fazer desta refeição uma refeição ainda mais rápida, tempere e pane os filetes previamente e congele. Vá utilizando à medida que for precisando.

________________________

 

Comentários

  1. Eu ADORO filetes panados!

    Estão com muito bom aspecto mesmo!*

    ResponderEliminar
  2. Que bom aspecto!!! Ficaram mesmo uma maravilha ;)
    beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. humm, devem ter ficado estaladiços e saborosos.
    mais concursos virão.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Aiii que delicia!!!! E deixaste me com vontade de fazer... Achas bonito?!!! =P Lá tenho que encaixar isso na ementa da próxima semana! =) Adorei os teus!! Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Ficaram mesmo apetitosos! Obrigada pela dica da congelaçao desconhecia por completo.

    Beijnhos

    ResponderEliminar
  6. Adoro panados !!!! Ficaram lindos assim! Vou experimentar com farinha de milho !!!
    Beijocas minha linda!

    ResponderEliminar
  7. Foi pena, mas em compensação ficou com optimo aspecto

    ResponderEliminar
  8. Olha amiga,

    Compreendo perfeitamente a tua frustração, depois do trabalho e empenho que tiveste, fazer tudo com carinho para o passatempo e não ser validada a participação... enfim... foi chato de facto ! :)
    Mais oportunidades virão, Sonia, que não te doa a cabeça ! :)

    Gostei tanto desses filetes, ficaram tão apetitosos, imagino sim o aroma especial que lhe deu o tempero que usaste...gosto tanto de ver as diferentes formas de preparação dos mesmos ingredientes, aprendo imenso e contigo tenho aprendido bastante, devo dizer-te ! :)

    Beijinhos querida

    Isabel
    www.blogdochocolate.com
    http://brisa-maritima.blogspot.pt


    ResponderEliminar
  9. Aqui apreciamos muito uns filetes e costumo comprar dos de pescada e dos de peixe panganasius (qualquer coisa assim...) ...Faço de maneira semelhante e adoramos!!
    Bjoak
    rIta

    ResponderEliminar
  10. Oh Sónia, mas eu na receita vejo que usas duas misturas!! Qual foi a parte entao que nao entendi? Olha pois pena para eles, que estes filetes deviam estar de rechupete!! Adoreii!

    Beijinhos,
    Mena.

    http://asaventurasdeumamama.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. Sou apaixonada por filés empanados, nunca provei aromatizado, me parece muito gostoso.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  12. Estão deliciosos!!! Ficaram mesmo bons, eu também adoro filetes e os teus estão demais!!!
    Beijinhos da Ana
    http://receitasdemassaspastas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Tambem estou como tu adoro peixe de espada preto, mas o preco e realmente caro. Apesar de tudo e um dos meus peixes preferidos. Adorei esta receita. As fotos dao agua na boca.

    Beijinhos e bom fds

    ResponderEliminar
  14. Ficaram com um aspeto bem apetitoso, kiss
    Susana

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Pão

Pão... Fazer pão sempre foi para mim uma arte, uma técnica basilar e por essa razão sempre gostei de fazer o meu próprio pão, de experimentar receitas novas, de usar ingredientes novos, novas combinações. Embora não seja nascido no Alentejo, a minha familia é toda alentejana, os sabores sempre foram alentejanos e é a gastronomia com que mais me identifico, de onde o pão é quase a sua base culinária. 
Termos aderido a um novo conceito de alimentação, onde o trigo não entra, fez-me repensar o pão. Apesar de não precisar de pão na minha dieta, somos bombardeados de todo o lado pelo pão... nas reportagens televisivas sobre a Páscoa, nos restaurantes, nas feiras, etc., por isso resolvi pegar nas farinhas aprovadas na alimentação paleo e fazer o meu próprio pão. 
Peguei nos vários conceitos que li sobre o pão, nas várias experiências falhadas nestes meses e produzi o meu Pão, sem glutén, sem trigo e saboroso... nham. Ficou um bocadinho achatado, mas acreditem que ótimo de sabor. 
E é com est…

Cheesecake aldrabado

Se o mote da nossa vida fosse sempre simplificar, tudo seria mais simples... E delicioso.
Num destes finais de dia fiz Granola. Estava a arrefecer em cima da banca quando começamos a jantar. O cheirinho aromático fez-me ter vontade de improvisar algo para a sobremesa. 
Demorou pouco mais de 30 segundos. Sabia o que tinha no frigorífico. Requeijão de cabra, doce de morango e framboesa... Claro que só podia sair um cheesecake aldrabado. Não tivesse logo eu pensado nele quando comprei o requeijão e as framboesas... Embora estivesse longe de imaginar que a falta de tempo me impossibilitasse de fazer a versão tradicional mas fizesse chegar até mim uma alternativa à altura. O risco é só mesmo ser demasiado rápido de fazer e bom demais. Tão bom que enquanto eu tirava fotos do meu, o marido já estava a comer a segunda taça! Brutal!





Cheesecake aldrabado
Ingredientes: - Granola a gosto (ESTA) - requeijão de cabra a gosto - doce de morango e framboesa a gosto (ESTE) - framboesas para decorar
Preparação: E…