Avançar para o conteúdo principal

Um bolo despretensioso

Sou uma criatura extremamente friorenta. De Verão é ver o meu marido a morrer de calor e eu a dormir de pijama e meias, debaixo do edredão que me recuso tirar... De Inverno passo o tempo todo a reclamar, enrolada a mantas e a beber chá à beira da lareira.

Numa destas noites, meia fungosa, agarrada à caneca de chá, não conseguia deixar de pensar numa bela fatia de bolo... Nada de sabores e texturas complexas, mas apenas uma fatia de bolo... Simples!

E lá me arrastei para a cozinha e rapidamente reuni alguns ingredientes. Talvez por estar engripada, resolvi juntar ingredientes como mel e limão... O toque do azeite parece ter casado perfeitamente. Saiu um bolo perfeito. O meu primeiro sem regras, simplesmente misturando, por intuição, ingredientes, sabores e aromas... De uma próxima vez, vou adicionar uma pitada de canela... Espero que gostem... O mel de qualidade do Mel de Portugal fez toda a diferença.

________________________

Bolo lima-limão, azeite e mel


Ingredientes:

- 3 ovos

- sumo de 1 limão (20 gr)

- sumo de 1 lima (15 gr)

- 140 gr de mel de rosmaninho

- 60 gr de azeite

- 35 gr de maizena

- 100 gr de farinha Branca de Neve

- 20 gr de açúcar mascavado

- 1 colher de chá de fermento

- 1 colher de chá de bicarbonato de sódio


Preparação:

Aplique a borboleta no copo da Bimby e adicione as claras com uma pitada de sal e programe 4 minutos, velocidade 3 e 1/2 com borboleta. Retire e reserve.

Adicione as gemas, o mel e o azeite e programe 4 minuto, velocidade 3. Junte a maizena, a farinha, o fermento e o bicarbonato de sódio, os sumos de lima e limão e programe 2 minutos, velocidade 2.

Com uma espátula, adicione à massa, aos poucos, as claras em castelo.

Pré-aqueça o forno a 180º.

Deite a massa numa forma barrada com manteiga e polvilhada com farinha. Polvilhe com o açúcar mascavado e leve ao forno durante 30 minutos.


Alternativa de Preparação:

Separe as gemas das claras e bata as claras em castelo com uma pitada de sal. Reserve.

À parte, bata as gemas, o mel e o azeite até obter uma mistura homogénea e fofa. Junte a maizena, a farinha, o fermento e o bicarbonato de sódio, os sumos de lima e limão e misture bem, uma vez mais.

Com uma espátula, adicione à massa, aos poucos, as claras em castelo.

Pré-aqueça o forno a 180º.

Deite a massa numa forma barrada com manteiga e polvilhada com farinha. Polvilhe com o açúcar mascavado e leve ao forno durante 30 minutos.

_________________________

 

Comentários

  1. Ficou realmente perfeito. E uma fatia dessas com uma caneca de chá em frente da lareira... maravilha
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Que delicia! Que bem que me sabia agora uma fatia desse bolo! Tenho a lareira acesa, num istantinho fazia uma caneca de leite quentinha(não sou muito de chás) só me falta a fatia do bolo :)

    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Concordo com a CC, agora sabia mesmo bem uma fatia deste bolo acompanhada de leite :)
    Que bolinho tão apetitoso:)

    Beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  4. Adoro bolo de mel!!!!! E eu também sou como tu... Inverno tem mesmo que ser com com lareira acesa, saco de água quente e tudo a que temos direito!!!! =) Também sou muito friorenta no inverno!!! Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Sonia, minha linda,

    Tu e a minha filhota podem juntar-se, friorentas até á ponta dos cabelos ! :)
    Ela é como tu, de Verão dorme de pijama e até é capaz, se eu me descuido, de colocar meias... impressionante !
    Nos dias que correm ela leva 3 camisolas, 1 interior e 2 exteriores, alé do casaco depois.
    Não dispensa leggings por debaixo das calças e já tem levado o pijama, imaginas isto ?
    A sério... eu passo-me com ela, eu também sou friorenta, mas tudo tem limites... :)))) Penso eu de que... :)))

    A tua ânsia por bolo fez maravilhas, saíu um bolinho perfeito na sua siplicidade !
    Adorei amiga, faz-se bem e advinho-lhe um sabor intenso !
    Perfeito !

    Beijinhos :)

    Isabel
    www.blogdochocolate.com
    http://brisa-maritima.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Isabel é um bolo de sabor e aroma intenso que se afoga perfeitamente numa chávena de chá ou caneca de leite. A sensação é de conforto e ao mesmo tempo de nostalgia... Faz lembrar os bolos de antigamente das nossas avos... A propósito, ja votei no blog do chocolate no avatar :) boa sorte!

      Eliminar
    2. Oh amiga, muito obrigada pelo carinho ! :)

      Beijinho grande para Ti

      Eliminar
  6. Parece-me super bem o bolo, os de zeite ou me calham muito bem ou uma desgraça lol

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Patricia este bolo, como leste, é bastante simples... Diria que se juntar os ovos inteiros, sem bater claras, ficara igualmente bom... Aqui o determinante é mesmo a qualidade do azeite e o mel... De resto, muio mar e carinho e vontade de comer uma fatia de bolo :-). Tenta!

      Eliminar
  7. Eu também sou um pouco friorenta, acho que não tanto assim ;)
    Por vezes o que apetece é mesmo uma bela fatia de um bolo assim e uma chávena de chá.
    Ficou muito bonito, e com um aspecto excelente.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Adorei a mistura de sabores, resultam na perfeição!
    Hoje por aqui está imenso frio, tive que calçar um par de meias bem quentes e umas botas com interior de pêlo pois onde tenho sempre mais frio é nos pés :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou na mesma posição de quando decidi fazer este bolo... Fungosa, enrolada à manta, com uma chávena de chá... Odeio frio!

      Eliminar
  9. Esse bolo está perfeito para acompanhar um chá, adorei a mistura de sabores!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Olá Sónia, bem... sim senhora...o titulo do bolo está muito bem escolhido. O bolo em si, tem uma textura fofa e deliciosa, com os ingredientes que usas-te a acidez dos citrinos com a doçura do mel...Perfeito.
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda Ana! Ja visitei os seus blogs e gostei muito. Vou continuar a visitar :-)

      Eliminar
  11. Lindo bolo, boa escolha de ingredientes. Quando cozinhamos por intuição e com muito amor só podem sair coisas deliciosas.
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  12. Olá Sónia!
    Que bolinho alto e delicioso! Tem mesmo bom aspeto e com um cházinho a acompanhar, ainda melhor.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Gosto tanto de bolos assim de mel e azeite!! Que maravilha, que bem me sabia também uma fatia saboreada à lareira, é que aqui também está um frio que não se pode!:)
    Beijinhos e um 2013 cheio de coisas boas!

    ResponderEliminar
  14. Misturas de sabores perfeitas, fiquei imaginando o sabor, seu blog é uma delicia.
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mil obrigados Ana! Tambem ja visitei o seu domínio e gostei muito

      Eliminar
  15. Uma combinação perfeita e absolutamente magnífica!!
    Beijinhos grandes,
    Lia.

    ResponderEliminar
  16. Que lindo bolo! Perfeito e ideal para curar uma constipaçãozita! ;)
    Às vezes os bolos improvisados são os que correm melhor!
    Bjs
    Paula

    ResponderEliminar
  17. Pelo aspecto parece estar delicioso :)
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E esta mesmo Silvia! Ja fui visitar o se blog e fiquei fã ;-). Vou voltar!

      Eliminar
  18. Olá
    Também eu sou muito friorenta, mas tenho vindo a melhorar com os anos ;)
    Esse bolo tem ar de ser perfeito acompanhado de uma bela caneca de chá

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. looks so delicious!!

    x
    http://worryaboutitlaterr.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Thanks for the visit Bianca! If you need me To transplante any récipe, please feel free To ask me. I'll do it with pleasure :-)

      Eliminar
  20. Obrigado a todas pela visita :-). Continua agarrada a uma haverá de chá, mas hoje sem bolo :-(... Acho que vou para a cozinha :-)

    ResponderEliminar
  21. Hummmmm que bom aspecto... adoro!

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  22. Parece uma delícia :)
    Limão e mel... e fiquei a sonhar :)
    Adoro limão e com o toque do mel deve ficar fantástico!
    Um grande beijinho!

    ResponderEliminar
  23. Que bolinho perfumado! Adoro estas combinações ;)


    beijinhos e bom descanso!

    Olivia (http://alquimiadostachos.blogspot.pt)

    ResponderEliminar
  24. Olá,
    espero que estejas melhor :)
    eu também sou friorenta, mas no verão só tenho frio à noite perto do mar :)
    Adorei o teu bolinho e combina mesmo bem com uma chávena de chá e lareira. devia estar delicioso, gosto imenso do mel nos bolos de inverno
    Bjns
    Isabel
    http://emocaoascolheradas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Isabel pela preocupação. Estou um pouco melhor :-). Fruta da época :-) uma constipação teimosa que por aqui se instalou... Obrigado pelo carinho. Um beijinho.

      Eliminar
  25. Comia agora uma fatia com um chá quentinho.

    ResponderEliminar
  26. Olá: eu também não me dou muito bem com o inverno ( sou como o outro da canção "eu gosto é do verão"). Já este bolinho tem todos os ingredientes para aquecer os ânimos nos dias frios. Ficou lindo e de aspeto delicioso.
    Bj
    Márcia

    ResponderEliminar
  27. Fiquei com vontade de experimentar este bolinho! Que apetitoso! Está mal fazeres-me babar assim enquanto olho para o ecrã! Beijocas

    ResponderEliminar
  28. Gosto muito de estar sempre por aqui tudo muito gostoso e sempre me inspira...
    http://culinariachrisgipebube.blogspot.com.br/

    bjocas bom final de semana
    christina

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Molho cervejeira

Quem estuda economia ou gestão costuma falar sobre a curva de crescimento das empresas. Na verdade, todas as empresas têm o seu momento de crescimento, expansão e algures no tempo, a estagnação e a morte. Mais cedo, ou mais tarde, é o que acontece. Claro que há empresas que levam mais tempo do que outras a chegar ao declínio… Veja-se a Coca-cola, veja-se a MacDonalds… Independentemente da concorrência, são empresas com história que se mantêm até hoje como lideres, que ultrapassaram todos os momentos de expansão e contração da economia.Em minha opinião isto acontece por variadas razões, seja pela gestão, pelas ações de marketing, pela publicidade, mas acima de tudo, pelo segredo que os seus produtos encerram. Pela inovação que trouxeram quando chegaram ao mercado.Tentando passar isto para o panorama nacional, veja-se a Portugália e o seu molho que se mantém inalterado desde sempre (dizem). Passou de uma cervejaria de Lisboa, a uma cadeia de restaurantes espalhada por todo o país. Ainda…

Tarte de maçã

Quando percebemos que este é o tipo de alimentação em que nos revemos uma das preocupações surgiu com as visitas para jantar. O que servir? 
Na verdade os amigos já mostram curiosidade assim que percebem que mudamos a forma de comer, embora achem que é uma moda passageira. Ainda assim, quando nos convidaram a primeira vez para almoçar ficaram apreensivos e ligaram a perguntar o que nos podiam servir ao almoço. Estavam verdadeiramente preocupados...
Claro que lhes explicamos que podiam fazer uma carne ou um peixe porque a única coisa que mudava era o acompanhamento. Aproveitei e ofereci-me para levar uma salada, que por sinal foi do agrado de todos, e ajudou a derrubar barreiras.
Num destes dias surgiu um jantar improvisado cá por casa com uns amigos de que gostamos muito. Para finalizar uma refeição soberba, que acho que foi do agrado de todos, fizemos uma tarte de maçã. Dizia-me a minha amiga "não sei como tens tantas ideias, eu nem sei por onde começar". Eu partilhei o meu se…