Avançar para o conteúdo principal

Refúgio da Roca

Um destes dias fui passear ao Coolares Market. Um mercado diferente, num local diferente, muito Cool! Fui a convite da simpática Susana Gomes dos blogs No Soup for You e Susana Gomes Photography. E adorei! Fiquei fã. Cada fim-de-semana tem expositadores diferentes e a qualidade do que por lá se vê é rara. Numa palavra: RECOMENDO!

A Susana é ainda mais doce ao vivo do que no mundo blogger e adorei conhece-la. De sorriso contagiante e simpatia esmagadora conseguiu convencer a minha contrariada pipoca a ser fotografada! Admirável! E como se duvidas houvessem, as fotos ficaram maravilhosas... Se já lhe reconhecia talento culinário, sem duvida que o fotográfico é do melhor (a foto acima foi tirada pela Susana, visitem a pagina dela!).

Pois bem... Depois de uma manhã fantástica, rapidamente chegou o almoço e a minha pipoca esfomeada começou a pedir comida :-). E a Susana recomendou-me um restaurante ali perto - o Refugio da Roca. Como não conhecia resolvi ir experimentar, dado o adiantado da hora.

ADOREI! SOBERBO! Fomos lindamente tratados e a comida de qualidade superior, sem que o preço fosse nada do outro mundo.

Nesse dia comi umas lulas na telha, um ex libris do restaurante. Provei e aprovei e claro está que saboreei o melhor que pude para tentar reproduzir em casa. E esta semana foi a semana! Experimentei e adorei. Não ficou exactamente igual, nem que seja por não ter ido ao forno numa telha, mas ficou delicioso, para lá de delicioso! Experimentem e digam-me se é ou não divinal... E já agora obrigado Susana pela recomendação! Adorei!

__________________________

Lulas gratinadas com queijo da ilha

[serve 3 pessoas]


Ingredientes:

- 1 cebola (guarde cerca de 15 gr)

- 3 lulas frescas, limpas e cortadas em argolas (750 gr)

- 1 lata de tomate em pedaços (390 gr)

- 2 folhas de louro

- 2 dentes de alho

- 80 gr de vinho branco

- 10 gr de brandy

- 90 gr de água

- 170 gr de natas de soja (pode usar normais)

- sal e azeite qb

- 2 hastes generosas de salsa

- 20 gr de queijo da ilha ralado (usei S. Jorge com 9 meses de cura)


Preparação:

Refogue a cebola e o alho picadinhos com a folha de louro num fio de azeite. Junte o tomate cortado em pedaços e deixe amolecer bem o tomate. Junte sal a gosto.

Adicione as lulas (preferencialmente frescas, limpas e cortadas em argolas), o vinho, o brandy e a água e deixe estufar até as lulas estarem tenras (15 minutos).

Junte as natas e deixe ferver e desligue (cerca de 5 minutos). Junte a salsa e a cebola picada (a que reservou) e mexa ja fora do lume. Disponha num pirex/barro e leve ao forno pré-aquecido a 220º polvilhado com queijo da ilha ralado, cerca de 15 minutos.


Nota: Servi com arroz branco soltinho e batata frita ao cubinhos frita na Actifry (40 minutos) temperada com sal e tomilho seco.

_____________________________

Comentários

  1. Que prato soberbo, deve ser uma delicia e o toque do queijo da ilha deve ser fenomenal no conjunto.
    Adorei a sugestão:)

    Beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  2. Eu adorei estas lulas! Vou "roubar" esta receita e levo-a no bolso para a fazer em breve para mim e para o meu marido, já que a minha miúda não gosta de lulas. Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sofia se experimentar depois diga-me alguma coisa, sim? Um beijinho e espero que goste!

      Eliminar
  3. Que belo petisco... embora não seja fã de lulas sei que o Tó iria adorar!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. Que lulas tão apetitosas. Beijinhos e abraços,

    ResponderEliminar
  5. Também gostei muito de te conhecer, Sónia. Obrigada pelas palavras tão carinhosas. :)
    E que delícia de petisco! :)
    bjs*

    ResponderEliminar
  6. adoro lulas e queijo da ilha, nunca experimentei "casar" os dois, mas parece-me uma ideia excelente :)
    um beijinho,
    Margarida

    ResponderEliminar
  7. :) Que delícia de lulas! e que cor apetitosa!!!
    hummmmmmm :))
    Beijinho amiga e bom fim de semana !

    ResponderEliminar
  8. Ficaram lindas e com um aspeto de comer e chorar por mais.
    Bjn e bfs
    Márcia

    ResponderEliminar
  9. Meu deus... que delícia! Mesmo depois de ter acabado de jantar ainda tenho espaçinho para esta maravilha ^^

    Beijinhos :)
    Arco-íris na Cozinha
    http://arcoirisnacozinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Olá querida,
    Que filhota mais linda a tua e que prato fantástico e apetitoso este que nos mostras. Uma dverdadeira tentação!!
    Beijinhos e bom fim de semana,
    Lia.

    ResponderEliminar
  11. Grande petisco!!!
    Bjs e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  12. Muito obrigado a todos(as) pela simpatia!

    ResponderEliminar
  13. Querida,

    A tua menina é uma ternurinha de sorriso contagiante ! :)
    Linda !

    Também gosto muito do blog da Susana, ela tem por lá muitas delicias além de que gosto de a ler ! :)

    Quanto à receita pareceu-me deliciosa, já que nunca me faço rogada a pratos de lulas... o queijo da ilha aqui intrigou-me, fiquei aqui a tentar conjugar sabores no meu paladar, claro que mentalmente, mas fiquei muito curiosa... o queijo da ilha é por aqui muitissimo apreciado o que me dá grande vantagem para poder um dia destes testar a receita !

    A aparência está excelente, Sonia, adorei ! :)

    Beijinhos

    Isabel
    www.blogdochocolate.com
    http://brisa-maritima.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Pão

Pão... Fazer pão sempre foi para mim uma arte, uma técnica basilar e por essa razão sempre gostei de fazer o meu próprio pão, de experimentar receitas novas, de usar ingredientes novos, novas combinações. Embora não seja nascido no Alentejo, a minha familia é toda alentejana, os sabores sempre foram alentejanos e é a gastronomia com que mais me identifico, de onde o pão é quase a sua base culinária. 
Termos aderido a um novo conceito de alimentação, onde o trigo não entra, fez-me repensar o pão. Apesar de não precisar de pão na minha dieta, somos bombardeados de todo o lado pelo pão... nas reportagens televisivas sobre a Páscoa, nos restaurantes, nas feiras, etc., por isso resolvi pegar nas farinhas aprovadas na alimentação paleo e fazer o meu próprio pão. 
Peguei nos vários conceitos que li sobre o pão, nas várias experiências falhadas nestes meses e produzi o meu Pão, sem glutén, sem trigo e saboroso... nham. Ficou um bocadinho achatado, mas acreditem que ótimo de sabor. 
E é com est…

Cheesecake aldrabado

Se o mote da nossa vida fosse sempre simplificar, tudo seria mais simples... E delicioso.
Num destes finais de dia fiz Granola. Estava a arrefecer em cima da banca quando começamos a jantar. O cheirinho aromático fez-me ter vontade de improvisar algo para a sobremesa. 
Demorou pouco mais de 30 segundos. Sabia o que tinha no frigorífico. Requeijão de cabra, doce de morango e framboesa... Claro que só podia sair um cheesecake aldrabado. Não tivesse logo eu pensado nele quando comprei o requeijão e as framboesas... Embora estivesse longe de imaginar que a falta de tempo me impossibilitasse de fazer a versão tradicional mas fizesse chegar até mim uma alternativa à altura. O risco é só mesmo ser demasiado rápido de fazer e bom demais. Tão bom que enquanto eu tirava fotos do meu, o marido já estava a comer a segunda taça! Brutal!





Cheesecake aldrabado
Ingredientes: - Granola a gosto (ESTA) - requeijão de cabra a gosto - doce de morango e framboesa a gosto (ESTE) - framboesas para decorar
Preparação: E…