Avançar para o conteúdo principal

Fazer pão em casa

Fazer pão em casa permite não só poupar, mas também garantir que comemos com qualidade... A verdade é que cá por casa há sempre duas fornadas por semana. E trabalhamos 8 horas por dia e ainda damos uma carga horaria de 7 horas de aulas de dança por semana e temos uma bebé de 2 anos para tratar. É uma questão de mudança de hábitos e de alguma organização.

O tempo que dista o tempo de preparação do pão e a sua cozedura deve ser o maior possível - aconselho cerca de 12 horas. Pelo que pode amassar o pão ao jantar e pôr o pão a cozer ao pequeno almoço. Haverá maior luxo do que comer pão quente com manteiga pela manhã??

Relativamente a custos... Se fizer preparação na Bimby, a relação de custos está nas tabelas abaixo (sublinhado a verde dependendo se têm tarifa bi-horária ou não). Se fizer por preparação alternativa (manual) deve deduzir os custos de utilização da Bimby, isto é, no horário vazio teremos um custo de 0,33+0,15+0,0666=0,547 €. No horário fora de vazio teremos um custo de 0,33+0,15+0,1241=0,604 €.


Custos com Bimby:

A Bimby tem uma potência de 500W, sem aquecimento é de 1500W na temperatura máxima. Para o pão, como não utilizamos aquecimento, vamos utilizar como referência a potência de 500W. Pelo que pesquisei, cada 5 minutos de utilização da Bimby na potência 100º corresponde a um consumo de aproximadamente 0,05 kWh, logo será menos sem temperatura (mas vamos utilizar este valor apenas como referência). O forno terá o dobro do consumo, ou seja 0,8 kWh por 40 minutos à temperatura máxima (0,1 kWh por cada 5 minutos ou 0,2 kWh por cada 10 minutos, que se multiplicarmos por 4 dá os 0,8 kWh).

Abaixo seguem as contas para quem tem uma tarifa bi-horária (para quem não tem, utilize como referência as contas para 'fora do vazio').

Se fizermos as contas temos:

Bimby

Forno

Total

Vazio

0,0051

0,0666 €

0,0718 €

Fora de Vazio

0,0095 €

0,1241 €

0,1336 €

Portanto 1,5 Kg de pão custam:

Vazio

Fora do Vazio

Farinha

0,3300 €

0,3300 €

Fermento

0,1500 €

0,1500 €

Consumos

0,0718 €

0,1336 €

Total

0,5518 €

0,6136 €

 

 

Comentários

  1. Olá Sónia... estou a adorar o blog, já adicionei aos meus favoritos para ir seguindo... Um beijinho, obrigada pela partilha e continua a postar receitinhas saborosas e dicas tão preciosas para o dia a dia :-)
    Vera Grazina

    ResponderEliminar
  2. Que bom Vera! Fico muito contente!

    ResponderEliminar
  3. Vcs em muitas coisas são cada vez mais os "meus heróis" :) então tu minha querida "profi" es fantastica!!
    Agora em relação ao pão, com a máquina de pão que comprámos estou rendida ao pão que o Z tem feito, e olha q eu não sou muito de comer pão! :)
    É de facto mto + saboroso, saudavel e economico!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amiga.fico contente que se tenham rendido ao pao em casa. A maior parte das receitas que coloco aqui dão para adaptar à maquina do pao. Se precisarem de ajuda a converter é só dizer.
      Obrigado pelo carinho e força! Gosto muito de vocês!

      Eliminar
  4. E quem fala assim não é gago, neste caso gaga!! nada como fazermos nós em casa, sabemos o que comemos e ainda por cima poupamos imenso dinheiro. Adorei!
    bjs

    ResponderEliminar
  5. É isso mesmo Margarida! As vezes estas crises têm aspectos positivos porque nos ensinam que as coisas não nascem nas prateleiras do hipermercado. E eu aprendi a dar valor ao que é feito em casa, com os melhores produtos e muitos amor...

    ResponderEliminar
  6. Eu também faço pão em casa, mas o meu marido como alentejano que é não dispensa o pão de padaria e por estas bandas há pão muito bom . eu costumo comprar um pão de 800g a 0,99€.
    bjs
    Zezinha

    ResponderEliminar
  7. Também gosto muito do pão caseiro e claro que sai sempre mais barato consoante a quantidade que se fizer - quanto mais, mais barato fica, isto porque é no forno que, basicamente, está o maior gasto. Se em 25 min cozer um pão, pode usar o mesmo tempo ou mais 5 min para cozer 4 ou 5. Sem contar que, a cada vez que precisarmos do forno, há o tempo de aquecimento.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Também gosto muito do pão caseiro e claro que sai sempre mais barato consoante a quantidade que se fizer - quanto mais, mais barato fica, isto porque é no forno que, basicamente, está o maior gasto. Se em 25 min cozer um pão, pode usar o mesmo tempo ou mais 5 min para cozer 4 ou 5. Sem contar que, a cada vez que precisarmos do forno, há o tempo de aquecimento.
    Bjs

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Pão

Pão... Fazer pão sempre foi para mim uma arte, uma técnica basilar e por essa razão sempre gostei de fazer o meu próprio pão, de experimentar receitas novas, de usar ingredientes novos, novas combinações. Embora não seja nascido no Alentejo, a minha familia é toda alentejana, os sabores sempre foram alentejanos e é a gastronomia com que mais me identifico, de onde o pão é quase a sua base culinária. 
Termos aderido a um novo conceito de alimentação, onde o trigo não entra, fez-me repensar o pão. Apesar de não precisar de pão na minha dieta, somos bombardeados de todo o lado pelo pão... nas reportagens televisivas sobre a Páscoa, nos restaurantes, nas feiras, etc., por isso resolvi pegar nas farinhas aprovadas na alimentação paleo e fazer o meu próprio pão. 
Peguei nos vários conceitos que li sobre o pão, nas várias experiências falhadas nestes meses e produzi o meu Pão, sem glutén, sem trigo e saboroso... nham. Ficou um bocadinho achatado, mas acreditem que ótimo de sabor. 
E é com est…

Cheesecake aldrabado

Se o mote da nossa vida fosse sempre simplificar, tudo seria mais simples... E delicioso.
Num destes finais de dia fiz Granola. Estava a arrefecer em cima da banca quando começamos a jantar. O cheirinho aromático fez-me ter vontade de improvisar algo para a sobremesa. 
Demorou pouco mais de 30 segundos. Sabia o que tinha no frigorífico. Requeijão de cabra, doce de morango e framboesa... Claro que só podia sair um cheesecake aldrabado. Não tivesse logo eu pensado nele quando comprei o requeijão e as framboesas... Embora estivesse longe de imaginar que a falta de tempo me impossibilitasse de fazer a versão tradicional mas fizesse chegar até mim uma alternativa à altura. O risco é só mesmo ser demasiado rápido de fazer e bom demais. Tão bom que enquanto eu tirava fotos do meu, o marido já estava a comer a segunda taça! Brutal!





Cheesecake aldrabado
Ingredientes: - Granola a gosto (ESTA) - requeijão de cabra a gosto - doce de morango e framboesa a gosto (ESTE) - framboesas para decorar
Preparação: E…