domingo, 3 de março de 2013

Tarte & Cinco Quartos de Laranja

Para quem gosta de culinária como eu, é impossível passar um dia que seja sem estar próximo do tema... No meu caso, não há um dia que não olhe para outros blogs, leia revistas (físicas e/ou electrónicas), livros, receitas soltas em jornais, programas de TV, não interessa... É quase inconsciente... Às vezes, até em eventos importantes, conferências, dou por mim a olhar para o serviço de catering, a imaginar as cozinhas por trás do serviço, as receitas... Enfim...

Não o faço com um propósito em mente... Não há uma tentativa para ser algo que já não vou a tempo de ser... Tenho os pés bem assentes na terra e duas profissões... Para além de acreditar que em Portugal, as responsabilidades financeiras não se pagam com sonhos.

Faço-o porque é como um vicio, é algo que me dá um enorme prazer... Simplesmente porque gosto! Porque quero aprender, mais e mais e mais!

Neste processo eterno de inspiração há um blog que tem estado sempre presente... Alias, o blog cresceu e é hoje um sitio e eu tenho acompanhado bem de perto todas as fases do Cinco Quartos de Laranja... E ainda no outro dia surgiu na blogosfera e já fez 7 anos de fantástica existência...

A este propósito, resolvi homenagear a Isabel e fazer uma tarte que em tempos publicou e que podem ver AQUI e com ela participar no passatempo a decorrer até dia 9 de Março!

Nós por casa adoramos esta tarte... É perfeita e adaptável a qualquer fruta, seja maçã, alperces, marmelos, enfim, o que a imaginação permitir. À receita original juntei apenas nozes para dar alguma textura e retirei a canela (porque me esqueci!). E garanto que a rapidez com que se faz é relativamente perigosa, porque torna-se uma forte candidata a ser repetida inúmeras vezes! Espero que gostem!

_______________________

Tarte Tatin de pêra


Ingredientes:

- 1 embalagem de massa folhada fresca

- 10 pêras (as minhas eram pequenas)

- 50 gr de margarina

- 75 gr de açúcar

- uma mão cheia de nozes

- sumo de limão qb


Preparação:

Numa tarteira fechada (sem fundo amovível) coloque o açúcar e a margarina. Junte as pêras cortadas em quartos, regadas com um pouco de sumo de limão e leve al lume. Deixe a pêra ganhar um pouco de cor uns minutinhos, não deixando cozer de mais.

Entretanto pré-aqueça o forno a 220º.

Ajeite a gosto a pêra pela tarteira, junte miolo de noz partido grosseiramente e cubra com a massa folhada. Pique ligeiramente e leve ao forno por 20 minutos.

Retire do forno e vire, de maneira a ficar a fruta voltada para cima.

______________________________

 

8 comentários:

  1. És como eu, também todos os dias é assim! :)

    Adorei esta tarte! tão gulosa e deliciosa!

    ResponderEliminar
  2. Tem óptimo aspecto! Cá em casa gostam todos muito de pêra menos eu. Gostava de gostar porque têm sempre um aspecto delicioso nas sobremesas!

    ResponderEliminar
  3. Essa tarte, está maravilhosa!

    Um abraço, Fábio

    ResponderEliminar
  4. Também costumo fazer esta tarte! Para além de excelente presta-se a inúmeras variações!
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Pedra de Sal,
    muito obrigada pelas tuas palavras e por esta deliciosa participação.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar