domingo, 15 de janeiro de 2017

Marmelos e frangipane

Adoro os ingredientes que o Outono traz. As batatas doces, os marmelos, as castanhas. Simplesmente adoro. O que é muito engraçado porque nasci em Novembro. Não sei se tem ou não influência, mas sem dúvida que é uma estação do ano que me enche as medidas.

A receita que partilho hoje é bastante simples e escolhi os marmelos da estação para brilharem. É um fruto ácido que se presta a pratos doces e salgados e até hoje a única combinação que não gosto MESMO é a marmelada… O que é caricato atendendo a que deve ser o destino mais comum para quem compra marmelos. Mas cá por casa, nenhum de nós gosta, por isso, só se estraga mesmo uma casa, como se costuma dizer.

Esta tarte que trago hoje faz-se inúmeras vezes cá por casa com figos e com peras. Mas quando me lembrei de usar marmelos estava longe de imaginar que se tornaria na nossa opção preferida. O doce do creme de amêndoa fica fantástico com o contrasto ácido do marmelo aromatizado com anis e erva doce.

Se têm por aí marmelos em casa não deixem de experimentar porque vão gostar com toda a certeza.

Parece impossível que haja que tenha marmeleiros com o único intuito de delimitar terras, sem nunca fazer uso dos frutos… E por aqui haja tanta gente em Lisboa a comprar este fruto quase ao preço do ouro.

_______________________________

Tarte frangipane de marmelo (ou tarte de amêndoa e marmelo)


Ingredientes:


Para a base:

- 125 gr de manteiga sem sal

- 1 ovo

- 125 gr de açúcar

- 300 gr de farinha T55

- 1 pitada de sal


Para o creme:

- 100 gr de amêndoas sem pele

- 2 ovos (100 gr)

- 100 gr de manteiga sem sal à temperatura ambiente

- 100 gr de açúcar


Para a cozedura dos marmelos:

- 5 marmelos pequenos

- 1 litro de água

- 500 gr de açúcar amarelo

- 2 flores de anis

- 1 colher de chá de sementes de erva doce


Preparação:

Comece pela base. Coloque todos os ingredientes no copo da Bimby e programe 15 segundos, velocidade 5. Envolva em pelicula aderente e coloque no frio enquanto faz os restantes passos.

Descasque e descaroce os marmelos e corte-os em quartos. Leve-os a cozer numa calda feita com a água, o açúcar, o anis e a erva doce. Quando os marmelos estiverem cozidos (mas não em demasia) retire-os e deixe arrefecer.

Pré-aqueça o forno a 180º.

Inicie o creme de amêndoa. Coloque a amêndoa no copo da bimby seco e limpo e programe 15 segundos, velocidade 7. Reserve.

Coloque a borboleta no copo e adicione os ovos, a manteiga à temperatura ambiente e o açúcar e programe 1 minuto, velocidade 2 e ½. Junte a amêndoa em pó e programe mais 30 segundos, velocidade 2.

Estenda a massa da tarte entre dois papeis vegetais. Forre uma tarteira de fundo amovível. Distribua o creme de amêndoa por cima e o marmelo cozido fatiado a gosto.

Leve ao forno por 40 minutos ou até a tarte estar cozida e lourinha.


Nota 1: Como sobrou massa da base da tarte, fiz bolachinhas. Com um cortador redondo cortei 26 bolachas que cozeram no forno a 180º durante 15 minutos. Fizeram sucesso cá em casa.

Nota 2: Se quiser facilitar, pode comprar massa areada de compra.

Nota 3: a calda que utilizou para cozer os marmelos, pode utilizar para adoçar bolos ou para cozer, por exemplo, maçãs reinetas no forno. Adoramos!

________________________

 

 

 

 

 

2 comentários:

  1. Bela tarte.

    Beijinhos e uma boa semana,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar