Avançar para o conteúdo principal

Bolachas de chocolate

Como uma pandemia, a receita das bolachas de chocolate da querida Joana do blog Palavras que enchem a barriga inundaram a blogosfera... Como é lógico o apelo era demasiado forte... E não podia ficar de fora... Fosse pela Joana ser uma querida, fosse por serem bolachas de chocolate, fosse por ter lido tantas opiniões positivas, a verdade é que tinha de as fazer... Por mais cansada que ande, por menos tempo que sobre...

Ainda bem que as fiz! São realmente das melhores bolachas que já provei... Nao são bolachas inocentes ou saudáveis... Bem pelo contrario... Mas sem duvida que são uma tentação que vale cada Avé Maria posterior! Adorei.

Agora resta fazer figas e esperar que o sorteio aleatório me atribua o prémio! Mas mesmo que não seja a vencedora, com certeza a descoberta desta pequena maravilhosa é um belo prémio de consolação!

________________________

As melhores bolachas com pepitas de chocolate de sempre!

[fez cerca de 80]


Ingredientes:

- 240 gr de manteiga (usei Gresso)

- 110 gr de açúcar branco

- 165 gr de açúcar amarelo

- 2 ovos

- 2 colheres de chá de essência de baunilha

- 1 colher de chá de fermento para bolos

- 1 colher de chá de bicarbonato de sódio

- 350 gr de farinha de trigo (usei T65)

- 1/2 colher de chá de sal fino

- 380 gr de pepitas de chocolate (usei 200 gr de chocolate negro e 180 gr de chocolate de leite)


Preparação:

Coloque o chocolate no copo da Bimby e dê alguns golpes de turbo até que esteja reduzido a pedaços mais pequenos (se utilizar pepitas, pode saltar este passo). Retire e reserve.

Coloque no copo a manteiga e os açucares e programe 3 minutos, velocidade 3. Adicione os ovos e a essência e programe mais 2 minutos, velocidade 3.

Junte a farinha, o fermento e o bicarbonato e programe mais 1 minuto, velocidade 4.

Por fim, adicione o chocolate picado reservado e envolva bem (programei cerca de 45 segundos, velocidade 6).

Retire a massa para um tapete de silicone/bancada enfarinhada e com o auxilio de farinha forme pequenas bolas.

Pré-aqueça o forno a 180º.

Disponha as bolas de chocolate num tabuleiro de forno forrado com um tapete de silicone. Devem estar distantes umas das outras num raio de cerca de 1 cm ja que as bolas vão achatar com o calor. Deixe cozer cerca de 13 minutos (a receita original indica 15) e deixe arrefecer em cima de uma rede.


Alternativa de preparação:

Pique o chocolate com o auxilio de um robot de cozinha ou um almofariz (se utilizar pepitas, pode saltar este passo). Reserve.

Bata a manteiga com os açucares cerca de 3 minutos. Adicione os ovos e a essência e bata mais 2 minutos.

Junte a farinha, o fermento e o bicarbonato e misture bem até obter uma massa bem homogénea.

Por fim, adicione o chocolate picado reservado e envolva bem.

Retire a massa para um tapete de silicone/bancada enfarinhada e com o auxilio de farinha forme pequenas bolas.

Pré-aqueça o forno a 180º.

Disponha as bolas de chocolate num tabuleiro de forno forrado com um tapete de silicone. Devem estar distantes umas das outras num raio de cerca de 1 cm já que as bolas vão achatar com o calor. Deixe cozer cerca de 13 minutos (a receita original indica 15) e deixe arrefecer em cima de uma rede.

_______________________

 

Comentários

  1. Parecem-me deliciosas!
    Vou ter que fazer também! Mas será muito difícil escolher uma vencedora!

    Beijinhos;

    Aurea Sá

    ResponderEliminar
  2. Afinal sobraram algumas ou nao?? Estao divinas!!!
    Depois de mais esta receita vou ter que experimentar a receita da Joana!! Tenho que ver se sao as melhores!!
    Beijinhos
    Mena

    ResponderEliminar
  3. São maravilhosas, eu fiquei rendida a esta maravilha :) As tuas ficaram lindas, e sim é dificil parar de comer, desaparecem num instante :P

    Beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigada pela tua participação! :D Ainda bem que gostaste :D Nós achámos que estavam tão boas que durante a nossa viagem tivemos que racioná-las: cada um só podia comer duas por dia! Senão tinham desaparecido logo no primeiro dia :D

    Mais uma vez muito obrigada, ficaram mesmo com bom aspecto :D Só de as ver fiquei cheia de vontade de as fazer outra vez :D

    Beijinhos e boa noite :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi um prazer Joana! Adorei entrar na febre das bolachas de chocolate. Brigado pelo desafio!

      Eliminar
  5. Por pouco nao sobravam bolachas para as fotos... A querida Joana deixou a receita e o desafio mas nao explicou como se consegue parar!! São um vicio...

    ResponderEliminar
  6. Bem, assim também não sei como resistir, agora fiquei com uma vontade louca de ir fazer essas bolachas!! Parecem-me maravilhosas!
    Beijinhos:)

    ResponderEliminar
  7. Ai que lindas!!! já vi várias participações e estou cada vez mais tentada a fazê-las :) é que dá vontade de comer e não parar!

    beijinhos e boa sorte!

    ResponderEliminar
  8. Que bolachinhas de chocolate tão lindas!! Devem ser uma tentação pelo que toda a gente diz :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  9. uma delicia! também já estão na minha lista!
    beijinhos
    paula

    ResponderEliminar
  10. Que maravilha!
    Ficaram lindas, tão apetitosas!

    ResponderEliminar
  11. Boa sorte com o sorteio, a receita é deliciosa.

    ResponderEliminar
  12. Hummm... que bolachinhas deliciosas, beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. Bom dia,

    Já fiz 2 vezes, são fantásticas e não se consegue parar de comer. A solução foi dividir pela familia.

    Obrigada por partilhar estas maravilhas.

    Bjinhos
    Ana Correia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico tão contente pr saber Ana :-) é sempre um bom sinal

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Pão

Pão... Fazer pão sempre foi para mim uma arte, uma técnica basilar e por essa razão sempre gostei de fazer o meu próprio pão, de experimentar receitas novas, de usar ingredientes novos, novas combinações. Embora não seja nascido no Alentejo, a minha familia é toda alentejana, os sabores sempre foram alentejanos e é a gastronomia com que mais me identifico, de onde o pão é quase a sua base culinária. 
Termos aderido a um novo conceito de alimentação, onde o trigo não entra, fez-me repensar o pão. Apesar de não precisar de pão na minha dieta, somos bombardeados de todo o lado pelo pão... nas reportagens televisivas sobre a Páscoa, nos restaurantes, nas feiras, etc., por isso resolvi pegar nas farinhas aprovadas na alimentação paleo e fazer o meu próprio pão. 
Peguei nos vários conceitos que li sobre o pão, nas várias experiências falhadas nestes meses e produzi o meu Pão, sem glutén, sem trigo e saboroso... nham. Ficou um bocadinho achatado, mas acreditem que ótimo de sabor. 
E é com est…

Cheesecake aldrabado

Se o mote da nossa vida fosse sempre simplificar, tudo seria mais simples... E delicioso.
Num destes finais de dia fiz Granola. Estava a arrefecer em cima da banca quando começamos a jantar. O cheirinho aromático fez-me ter vontade de improvisar algo para a sobremesa. 
Demorou pouco mais de 30 segundos. Sabia o que tinha no frigorífico. Requeijão de cabra, doce de morango e framboesa... Claro que só podia sair um cheesecake aldrabado. Não tivesse logo eu pensado nele quando comprei o requeijão e as framboesas... Embora estivesse longe de imaginar que a falta de tempo me impossibilitasse de fazer a versão tradicional mas fizesse chegar até mim uma alternativa à altura. O risco é só mesmo ser demasiado rápido de fazer e bom demais. Tão bom que enquanto eu tirava fotos do meu, o marido já estava a comer a segunda taça! Brutal!





Cheesecake aldrabado
Ingredientes: - Granola a gosto (ESTA) - requeijão de cabra a gosto - doce de morango e framboesa a gosto (ESTE) - framboesas para decorar
Preparação: E…