Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2014

Paul Hollywood II - ciabatta

Adoro pães brancos. Por mais que tente evitar comê-los ou substituí-los por pães mais integrais, com mais fibra, a verdade é que nada me deixa mais a salivar do que pão branco, seja ele qual for… É insubstituível.Consigo reduzir açúcar e gordura nos bolos, adicionando abóbora, beterraba ou curgete, consigo fazer bacalhau à Brás sem batata, consigo fazer quiches sem base, mas não consigo de todo substituir o pão branco… Paciência.Para aqueles que lutam com o mesmo problema, rendam-se e façam este pão. Acho que irão perceber a razão porque jamais se consegue criar um substituto para algo assim, que os deixe da mesma forma saciados. Adoro este pão e o padeiro cá de casa esmera-se a cada fornada.Este tipo de pão tem uma massa bastante líquida, que se agarra aos dedos. Não desespera, é mesmo assim. Vai ver que o resultado final ultrapassa todas as expetativas.Este pão chama-se Ciabatta por ter uma forma de chinelo e como é lógico tinha de ser rebatizado cá em Portugal e é comum ver algumas…

Bolo de chocolate

Este ano o dia de aniversario do marido foi passado em Barcelona. Na verdade esta viagem foi a minha prenda de Natal. Desejei tanto fazer esta viagem que depois de uma longa espera e expectativa crescente, lá aconteceu! Os preparativos foram mais que muitos. Especialmente porque queria ver muita coisa com uma restrição temporal de apenas 2 dias e com uma criança de 4 anos como companhia.Claro está que para além de um jantar especial num restaurante especial, pouco ou nada ouve de festejos, daqueles que nos fazem sentir aniversariantes. Nem um presente físico houve, para mal dos meus pecados...Assim, logo que cheguei a Lisboa lá resolvi tratar de organizar uma festinha de aniversario surpresa com a família mais próxima. Houve bolinho e parabéns e presentes o que me deixou com menos remorsos.E para terminar a saga do aniversario da minha cara metade, faltava o bolo para partilhar com os colegas de trabalho. A escolha é quase sempre consensual - um bolo de chocolate. E desta vez não foi …

Molho cervejeira

Quem estuda economia ou gestão costuma falar sobre a curva de crescimento das empresas. Na verdade, todas as empresas têm o seu momento de crescimento, expansão e algures no tempo, a estagnação e a morte. Mais cedo, ou mais tarde, é o que acontece. Claro que há empresas que levam mais tempo do que outras a chegar ao declínio… Veja-se a Coca-cola, veja-se a MacDonalds… Independentemente da concorrência, são empresas com história que se mantêm até hoje como lideres, que ultrapassaram todos os momentos de expansão e contração da economia.Em minha opinião isto acontece por variadas razões, seja pela gestão, pelas ações de marketing, pela publicidade, mas acima de tudo, pelo segredo que os seus produtos encerram. Pela inovação que trouxeram quando chegaram ao mercado.Tentando passar isto para o panorama nacional, veja-se a Portugália e o seu molho que se mantém inalterado desde sempre (dizem). Passou de uma cervejaria de Lisboa, a uma cadeia de restaurantes espalhada por todo o país. Ainda…