Avançar para o conteúdo principal

Soja de frutos vermelhos

Nunca fui muito amiga de leite de vaca. Mas sempre gostei de iogurtes, natas, queijos, enfim… Mas quando a homeopata me proibiu totalmente os lacticínios confesso que achei que iria ser mais fácil de desabituar...

Penso que o problema foi mesmo tentar substituir o anterior pequeno almoço por uma alternativa de pequeno almoço. Leite com café troca para leite de soja com café. As torradas com manteiga a sério por torradas com manteiga de soja. Os iogurtes gulosos a meio da manhã por iogurtes de soja. Talvez se tivesse optado por simplesmente mudar o paradigma a coisa tivesse corrido melhor. Porque a tendência para comparar sabores acabou por me dificultar, em muito, a tarefa.

Odiei o leite de soja de compra… Tem “sabor”, é doce, não é neutro e acaba por se sobrepor ao sabor do café. Não simpatizei com a manteiga de soja, prefiro mil vezes a de vaca. E os iogurtes de soja correram-me verdadeiramente mal… As primeiras 5 fornadas… De tal forma que acabei por comprar uma iogurteira, mesmo quando tinha jurado a mim própria nunca o fazer.

Sim, podia ter comido iogurtes de compra, até porque os tenho de comprar habitualmente à minha filha que é intolerante à proteína da vaca… Mas se dou entre 2,50 €-3,50 € para ela (porque a escola exige que os iogurtes tenham inscrito a data de validade), não me consigo imaginar a gastar 5 €-10 € por semana em iogurtes para a família. É uma questão de princípio.

Tentei de tudo. Li inúmeras fontes. Usei leite de soja de compra, leite de soja feito em casa, iogurtes da marca x e da marca y, agar-agar de duas marcas diferentes, com e sem iogurteira… Enfim, um disparate. Mas saíram sempre líquidos. Estava a começar a arrancar cabelos e a pensar que não conseguia quando vi no facebook que um amigo fazia, sem problemas, iogurtes de soja na Bimby. E depois de alguns encontros e desencontros telefónicos, lá conseguimos conversar e ele finalmente explicou-me como conseguir chegar a bom porto.

Luís fico-te eternamente grata. Têm sido um sucesso.

As experiências cá por casa vão continuar porque um novo mundo começou por aqui… E aos poucos e poucos vou-me ajustando a esta nova realidade.

O leite de soja feito em casa já não o dispenso, pelo menos o sabor é mais neutro, menos doce, para além de mais barato e saudável, sem conservantes e corantes.

E por aí? Também têm problemas com lacticínios? Como é que deram a volta ao assunto?

___________________________

Iogurte de soja de frutos vermelhos

[faz 8 iogurtes]


Ingredientes:

- 80 gr de cerejas, morangos e amoras (usei congeladas)

- 60 gr de açúcar amarelo

- 1 litro de leite de soja (faço ESTA receita, mas pode usar leite de compra)

- 1 pacote de gelatina de frutos vermelhos (uso Condi)

- 40 gr de aveia

- 1 iogurte de soja natural


Preparação:

Coloque as framboesas e o açúcar no copo da Bimby e programe 8 minutos, varoma, velocidade 1.

Junte o leite de soja, o pacote de gelatina e a aveia e programe 7 minutos , 60º, velocidade 4.

Findo o tempo, programe 20 segundos, velocidade 7.

Retire o copo da base e deixe arrefecer.

Quando chegar aos 50º, adicione o iogurte de soja e programe 5 minutos, 50º, velocidade 4.

Coloque em copinhos esterilizados e abafe cerca de 8 horas ou coloque-os na iogurteira. Findo o tempo, coloque no frigorifico até prender.

Estes iogurtes ficam bem consistente.


Alternativa de Preparação:

Coloque as framboesas e o açúcar num tachinho e deixe cozinhar até obter uma polpa.

Junte o leite de soja, o pacote de gelatina e a aveia deixe levantar fervura, mexendo sempre.

Coloque num liquidificador, ou use uma varinha mágica e desfaça bem.

Deixe arrefecer até conseguir colocar o dedo dentro da misture, apesar de estar morno.

Adicione o iogurte de soja misture bem.

Coloque em copinhos esterilizados e abafe cerca de 8 horas ou coloque-os na iogurteira. Findo o tempo, coloque no frigorifico até prender.

Estes iogurtes ficam bem consistente.

___________________________

 

Comentários

  1. Que aspeto fantástico, até têm cara de sobremesa! É chato quando se tem intolerâncias ou alergias, principalmente quando não há produtos realmente bons e a preços acessíveis. Mas ainda bem que encontraste esta alternativa. Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Hummm gostei da sugestão.
    A ver se faço com a minha iogurteira.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://www.receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/03/feliz-dia-do-pai-e-uns-muffins-de-amora.html

    ResponderEliminar
  3. Bela sugestão!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. Obrigada pela receita vou fazer a minha filha é intolerante a lactose e eu andava messo a procura de receitas de iogurtes de soja :) Os teus iogurtinhos tem um aspecto delicioso!
    Beijinhos
    Ana
    http://receitasfaceisrapidasesaborosas.pt/

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Pão

Pão... Fazer pão sempre foi para mim uma arte, uma técnica basilar e por essa razão sempre gostei de fazer o meu próprio pão, de experimentar receitas novas, de usar ingredientes novos, novas combinações. Embora não seja nascido no Alentejo, a minha familia é toda alentejana, os sabores sempre foram alentejanos e é a gastronomia com que mais me identifico, de onde o pão é quase a sua base culinária. 
Termos aderido a um novo conceito de alimentação, onde o trigo não entra, fez-me repensar o pão. Apesar de não precisar de pão na minha dieta, somos bombardeados de todo o lado pelo pão... nas reportagens televisivas sobre a Páscoa, nos restaurantes, nas feiras, etc., por isso resolvi pegar nas farinhas aprovadas na alimentação paleo e fazer o meu próprio pão. 
Peguei nos vários conceitos que li sobre o pão, nas várias experiências falhadas nestes meses e produzi o meu Pão, sem glutén, sem trigo e saboroso... nham. Ficou um bocadinho achatado, mas acreditem que ótimo de sabor. 
E é com est…

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Cheesecake aldrabado

Se o mote da nossa vida fosse sempre simplificar, tudo seria mais simples... E delicioso.
Num destes finais de dia fiz Granola. Estava a arrefecer em cima da banca quando começamos a jantar. O cheirinho aromático fez-me ter vontade de improvisar algo para a sobremesa. 
Demorou pouco mais de 30 segundos. Sabia o que tinha no frigorífico. Requeijão de cabra, doce de morango e framboesa... Claro que só podia sair um cheesecake aldrabado. Não tivesse logo eu pensado nele quando comprei o requeijão e as framboesas... Embora estivesse longe de imaginar que a falta de tempo me impossibilitasse de fazer a versão tradicional mas fizesse chegar até mim uma alternativa à altura. O risco é só mesmo ser demasiado rápido de fazer e bom demais. Tão bom que enquanto eu tirava fotos do meu, o marido já estava a comer a segunda taça! Brutal!





Cheesecake aldrabado
Ingredientes: - Granola a gosto (ESTA) - requeijão de cabra a gosto - doce de morango e framboesa a gosto (ESTE) - framboesas para decorar
Preparação: E…