Avançar para o conteúdo principal

Bolo de chocolate

Este ano o dia de aniversario do marido foi passado em Barcelona. Na verdade esta viagem foi a minha prenda de Natal. Desejei tanto fazer esta viagem que depois de uma longa espera e expectativa crescente, lá aconteceu!

Os preparativos foram mais que muitos. Especialmente porque queria ver muita coisa com uma restrição temporal de apenas 2 dias e com uma criança de 4 anos como companhia.

Claro está que para além de um jantar especial num restaurante especial, pouco ou nada ouve de festejos, daqueles que nos fazem sentir aniversariantes. Nem um presente físico houve, para mal dos meus pecados...

Assim, logo que cheguei a Lisboa lá resolvi tratar de organizar uma festinha de aniversario surpresa com a família mais próxima. Houve bolinho e parabéns e presentes o que me deixou com menos remorsos.

E para terminar a saga do aniversario da minha cara metade, faltava o bolo para partilhar com os colegas de trabalho. A escolha é quase sempre consensual - um bolo de chocolate. E desta vez não foi excepção.

Dos muitos bolos de chocolate que já fiz, este é um dos melhores... Um momento de inspiração meu que foi bastante elogiado. Por isso. Aqui deixo a receita para quem mais queira experimentar. Posso garantir que é soberbo e muito fácil de fazer e de olhos fechados, a saborear, não há quem não encontre semelhanças com os bombons da Ferrero Rocher's. Hummmmmm.

Desculpem não existir uma foto do interior, mas depois de aberto mal houve tempo para cortar a ultima fatia. Diria que é um ótimo sinal...

_________________________

Bolo de chocolate e avelãs


Ingredientes:

- 260 gr de açúcar

- 7 ovos M

- 250 gr de manteiga sem sal

- 200 gr de chocolate 70% cacau

- 50 gr de chocolate 52% cacau

- 50 gr de avelãs

- 25 gr de farinha Branca de Neve


Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180º.

Torre ligeiramente as avelãs numa frigideira anti-aderente ou no forno e retire a pele. Moe até transformar em pó. Reserve.

Bata o açúcar com os ovos inteiros por 8 minutos.

Num recipiente coloque a manteiga e os chocolates partidos em pedaços. Derreta em banho-maria, tendo o cuidado do recipiente não tocar diretamente na água a ferver.

Junte este preparado à gemada batendo sempre.

Por fim, misture, sem bater, as avelãs moídas e a farinha.

Deite o preparado numa forma de 22 cm de diâmetro forrada com papel vegetal.

Leve ao forno por 30 minutos, caso pretenda um bolo húmido, ou 20 minutos se preferir em mousse.

_______________________

 

 

Comentários

  1. Adoro bolos de chocolate que levam pouca farinha
    O teu ficou lindo,vou guardar a receita
    bjs

    ResponderEliminar
  2. Adoro a mistura de chocolate e avelãs... percebo bem o porqu~e de ter desaparecido num instante!
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Um bolo de chocolate é sempre uma deliciosa sugestão!

    ResponderEliminar
  4. Que bolo tão bonito, deve ter ficado delicioso

    ResponderEliminar
  5. Tenho a certeza que todos adoraram...em precisa de foto interior, nota-se que é um bolo fantástico!
    Adoro chocolate e avelãs em conjugação!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. Hummmmmmm... Chocolate com 52% caca.... A tua gralha deixou-nos todos dobrados a tossir o jantar de tanto rir! De resto tem um aspecto divinal, da próxima vez que for a Lisboa fica já encomendado, pode ser? :) Beijos grandes!

    ResponderEliminar
  7. Que belo bolo ficou e tão cheio de chocolate, só pode ser uma delícia.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  8. Oh que bolo de chocolate maravilhoso!!! Que aspecto maravilhoso :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Pão

Pão... Fazer pão sempre foi para mim uma arte, uma técnica basilar e por essa razão sempre gostei de fazer o meu próprio pão, de experimentar receitas novas, de usar ingredientes novos, novas combinações. Embora não seja nascido no Alentejo, a minha familia é toda alentejana, os sabores sempre foram alentejanos e é a gastronomia com que mais me identifico, de onde o pão é quase a sua base culinária. 
Termos aderido a um novo conceito de alimentação, onde o trigo não entra, fez-me repensar o pão. Apesar de não precisar de pão na minha dieta, somos bombardeados de todo o lado pelo pão... nas reportagens televisivas sobre a Páscoa, nos restaurantes, nas feiras, etc., por isso resolvi pegar nas farinhas aprovadas na alimentação paleo e fazer o meu próprio pão. 
Peguei nos vários conceitos que li sobre o pão, nas várias experiências falhadas nestes meses e produzi o meu Pão, sem glutén, sem trigo e saboroso... nham. Ficou um bocadinho achatado, mas acreditem que ótimo de sabor. 
E é com est…

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Cheesecake aldrabado

Se o mote da nossa vida fosse sempre simplificar, tudo seria mais simples... E delicioso.
Num destes finais de dia fiz Granola. Estava a arrefecer em cima da banca quando começamos a jantar. O cheirinho aromático fez-me ter vontade de improvisar algo para a sobremesa. 
Demorou pouco mais de 30 segundos. Sabia o que tinha no frigorífico. Requeijão de cabra, doce de morango e framboesa... Claro que só podia sair um cheesecake aldrabado. Não tivesse logo eu pensado nele quando comprei o requeijão e as framboesas... Embora estivesse longe de imaginar que a falta de tempo me impossibilitasse de fazer a versão tradicional mas fizesse chegar até mim uma alternativa à altura. O risco é só mesmo ser demasiado rápido de fazer e bom demais. Tão bom que enquanto eu tirava fotos do meu, o marido já estava a comer a segunda taça! Brutal!





Cheesecake aldrabado
Ingredientes: - Granola a gosto (ESTA) - requeijão de cabra a gosto - doce de morango e framboesa a gosto (ESTE) - framboesas para decorar
Preparação: E…