quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Castanhas

Adoro castanhas. Não tivesse eu nascido na época delas, no dia exato em que é costume comer-se castanhas, acompanhas de água pé.

Pois este ano resolvi fazer um pequeno miminho para mim própria e resolvi tentar fazer doce de castanha. Tudo isto porque estava sentada a ver o 24 Kitchen e a Rachel Khoo, na sua pequena cozinha parisiense, dizia que um dos doces preferidos dos franceses era doce de castanha. Era, na verdade, o recheio de crepes preferido e o mais vendido nas bancas de rua.

A vontade de ir para a cozinha inventar foi mais que muita e lá fiz este doce em duas fases. Sim, porque numa noite tive tempo para as por a cozer e descascá-la. E apenas num outro dia tive tempo para fazer o doce. Mas a verdade é que o resultado final superou as minhas expetativas. Ainda bem que, mesmo na azáfama habitual, resolvi fazer. É uma delicia e a cabeça já fervilha com novas ideias. Espero que gostem. É bastante simples de fazer.

____________________

Doce de castanha

[fez 5 frascos pequenos]


Ingredientes:

- 700 gr de miolo de castanha cozida (pode utilizar congeladas)

- 500 gr de açúcar

- 180 gr de água

- sementes de uma vagem de baunilha

- sal qb


Preparação:

Coza as castanhas em água com um pouco de sal. Quando estiverem cozidas descasque (se utilizar congeladas, pode saltar este passo) e reserve.

No copo da Bimby, coloque o açúcar, a água e as sementes de uma vagem de baunilha e programe 8 minutos, velocidade 1. Deverá ser o tempo suficiente para obter ponto de fio (105º). Adicione o miolo de castanha e programe mais 10 minutos, 70º, velocidade 2. Findo o tempo, programe mais 15 minutos, 70º,velocidade 3. Se gostar de um textura toda uniforme, programe uns segundos à velocidade 7. Cá por casa gostamos de sentir bocadinhos de castanha pelo que o tempo e velocidade indicadas são suficientes.


Alternativa de Preparação:

Coza as castanhas em água com um pouco de sal. Quando estiverem cozidas descasque (se utilizar congeladas, pode saltar este passo) e reserve.

Num tacho coloque o açúcar, a água e as sementes de uma vagem de baunilha e deixe cozinhar até obter ponto de fio (105º num termómetro). Adicione o miolo de castanha grosseiramente esmagado com um garfo e deixe cozinhar, em lume brando, até o doce ter a consistência desejada (cerca de 25 minutos). Se gostar de uma textura mais uniforme, pode optar por passar a castanha pelo passe-vite. Cá por casa gostamos de encontrar pequenos pedacinhos.

_____________________

 

5 comentários:

  1. Minha querida, agora fizeste-me lembrar a minha filha que adora castanhas! Ela diz o mesmo, que deve ser por ter nascido na altura delas :)
    Este teu doce está simplesmente divinal e essa textura, perfeita!
    Boas Festas
    Lúcia

    ResponderEliminar
  2. Ficou com um excelente aspecto, deve ser mesmo bom!

    ResponderEliminar
  3. O pior é descascar as castanhas! :-))) Também já fiz este doce e ainda por cima apanhei montes delas já podres... Do piorio! Mas é verdade que fica um doce fenomenal (os franceses sabem o que fazem!)

    ResponderEliminar
  4. Excelente doce.
    Antes de utilizar as castanhas, mergulhe as mesmas em água. Passado uns minutinhos, as podres ficam a boiar. Assim terá a certeza que quase todas as restantes estarão sãs.

    ResponderEliminar
  5. Aqui vim eu inspirar-me ... acabo sempre na tua página <3
    Beijinhos linda!

    ResponderEliminar