Avançar para o conteúdo principal

De malas aviadas!

Malas aviadas para vir para Lisboa e lembro-me que ainda tenho um pouco de caramelo de laranja para gastar no frigorífico (que fiz para cobrir ESTE fantástico gelado), assim como umas pequenas maçãs que dormem pela fruteira. Claro que podia trazer as maçãs para cima e lambuzar-me com o caramelo. Mas achei que seria uma atitude reprovável, pelas calorias que o caramelo contém… E então resolvi juntar-lhe mais algumas… calorias!

A sério, não sei o que me deu… Olhei para o caramelo e pensei “comia-te à colher, mas não posso ser tão gulosa, tem imensas calorias!” E logo me lembrei daquela tarte maravilhosa que vi AQUI

E bem pensei, bem fiz, peguei na massa folhada (que me parece sempre ingenuamente pouco calórica), peguei em maçãs (que são bem saudáveis) e juntei-lhe passas e o caramelo, para disfarçar!

E assim me iludi e aos restantes comensais com uma sobremesa relativamente saudável, conseguindo gastar todos os ingredientes que não queria trazer na bagagem… Trazendo APENAS peso a mais… e roupa mais apertada.

__________________

Tarteletes de Maçã com caramelo de laranja

[faz 3 tartes pequenas]


Ingredientes:

- maçãs qb*

- passas qb

- caramelo de laranja qb

- 3 retângulos de massa folhada de compra (comprei do Lidl que são ótimas)


* Como as maçãs que usei são muito pequenas, é complicado dizer que usei 8 ou 10. O melhor é porem a quantidade que gostem e que vos preenche a massa folhada


Preparação:

Pré-aqueça o forno a 200º.

Descaroce a maçã e corte em lâminas fininhas. Coloque os retângulos de massa folhada num tabuleiro de forno forrado com papel vegetal ou com um tapete de silicone. Deixe descongelar ligeiramente e comece a distribuir as lâminas de maçã em cima dos retângulos, eu fiz duas colunas (ou melhor, a minha princesa fez duas colunas, é uma excelente forma de envolver os mais pequenos nas tarefas). Deixe sempre um bordo pequeno em toda a volta. Distribua passas a gosto e leve ao forno por 15 minutos ou até a massa folhada estar cozinhada (vá vigiando).

Ainda quentes, coloque num prato de servir e polvilhe com açúcar e/ou canela a gosto ou, à gulosa, distribua o caramelo de laranja por cima. Hummmmmm.

___________________

 

Comentários

  1. O que eu me ri com o teu post!!! :-) As tarteletes ficaram com um aspecto rústico fantástico!! Beijinhos e boa viagem!!

    ResponderEliminar
  2. ehehehe, a roupa encolhe secretamente, durante a noite... nada tem a ver com as maçãs, tão inofensivas que são! Ficaram lindas estas tarteletes.
    Beijinhos e bom feriado!

    ResponderEliminar
  3. eheheheh gostei do teu post:)

    Faço dieta alias já perdi 42 kilos hoje ainda faltam 7 e tendo manter uma alimentação saudável, a tua tarde de maça esta linda é uma receita que adoro simples, pratica e saborosa, no entando a massa folha tem imensa gordura e não como mas... um segredo:P eu ADORO massa folhada hihiih, pronto só 1 dia por acaso tirando isso usso a massa filo que +e a mais saudável da maioria das massas:)

    Um grande beijinho

    E resto de um bom feriado (*=

    ResponderEliminar
  4. que delicia comeria varios pedaços bjus

    ResponderEliminar
  5. Adoro tartes de maça e essa ficou perfeita
    bjs.

    ResponderEliminar
  6. Uma sugestão nada calórica :))))..., mas muito linda e apetitosa!!
    Beijinhos grandes,
    Lia.

    ResponderEliminar
  7. Seu Blog é uma TENTAÇÃO... Huuuuuuummmmmm!!!
    Beijos Márcia (Rio de Janeiro - Brasil)

    http://decolherpracolher.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Ficaram ótimas e uma boa ideia para a bagagem vir mais leve e a barriga mais consolada :)
    Kiss, Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/08/5-edicao-escolha-do-ingrediente-e.html

    ResponderEliminar
  9. Gostei muito....simples e deliciosas!!!!
    BJs

    ResponderEliminar
  10. Vi hoje uma mousse, mas nao tinha visto esta tarte!!
    Passou-me ou nao vi mesmo??
    O que vale é que te espio, e dei com ela!!
    La podia perder eu esta maravilha!!!
    Adoro tudo o que leve maçã e assim "vestida", maldigo-me por não haver teletransporte!! E olha isso da roupa nao servir, a mim às vezes tb me acontece!! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Olá! Só hoje é que passei por aqui e encontrei as tartes! ficaram com um aspecto bem apetitoso! Simples e deliciosa, não?1
    beijinhos

    ResponderEliminar
  12. As férias só nos fazem é bem! Não te preocupes com o peso a mais, que no regresso à rotina ele vai-se tão ou mais depressa do que o que chegou. Não é verdade?
    Adorei estas tarteletes e o ar caseiro torna-as irresistíveis! Que excelente ideia a tua. :)
    Um beijinho,
    A Cozinheira

    http://danossacozinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Pão

Pão... Fazer pão sempre foi para mim uma arte, uma técnica basilar e por essa razão sempre gostei de fazer o meu próprio pão, de experimentar receitas novas, de usar ingredientes novos, novas combinações. Embora não seja nascido no Alentejo, a minha familia é toda alentejana, os sabores sempre foram alentejanos e é a gastronomia com que mais me identifico, de onde o pão é quase a sua base culinária. 
Termos aderido a um novo conceito de alimentação, onde o trigo não entra, fez-me repensar o pão. Apesar de não precisar de pão na minha dieta, somos bombardeados de todo o lado pelo pão... nas reportagens televisivas sobre a Páscoa, nos restaurantes, nas feiras, etc., por isso resolvi pegar nas farinhas aprovadas na alimentação paleo e fazer o meu próprio pão. 
Peguei nos vários conceitos que li sobre o pão, nas várias experiências falhadas nestes meses e produzi o meu Pão, sem glutén, sem trigo e saboroso... nham. Ficou um bocadinho achatado, mas acreditem que ótimo de sabor. 
E é com est…

Cheesecake aldrabado

Se o mote da nossa vida fosse sempre simplificar, tudo seria mais simples... E delicioso.
Num destes finais de dia fiz Granola. Estava a arrefecer em cima da banca quando começamos a jantar. O cheirinho aromático fez-me ter vontade de improvisar algo para a sobremesa. 
Demorou pouco mais de 30 segundos. Sabia o que tinha no frigorífico. Requeijão de cabra, doce de morango e framboesa... Claro que só podia sair um cheesecake aldrabado. Não tivesse logo eu pensado nele quando comprei o requeijão e as framboesas... Embora estivesse longe de imaginar que a falta de tempo me impossibilitasse de fazer a versão tradicional mas fizesse chegar até mim uma alternativa à altura. O risco é só mesmo ser demasiado rápido de fazer e bom demais. Tão bom que enquanto eu tirava fotos do meu, o marido já estava a comer a segunda taça! Brutal!





Cheesecake aldrabado
Ingredientes: - Granola a gosto (ESTA) - requeijão de cabra a gosto - doce de morango e framboesa a gosto (ESTE) - framboesas para decorar
Preparação: E…