Avançar para o conteúdo principal

Batalha de Blogues - Entrada.

E hoje sai a primeira receita com produtos Parmalat - uma entrada. É o primeiro prato de três, de um menu de Verão, bem fresco, ligeiro e delicioso.

A qualidade e versatilidade dos produtos Parmalat nunca me deixou ficar mal e tem sido uma enorme inspiração criar este menu que espero que me permita conquistar o tão ambicioso título de "Blogue Oficial Parmalat".

Relativamente à sugestão de hoje, é uma entrada leve cujo único trabalho é mesmo cortar os legumes e a fruta em cubinhos pequeninos (na gíria chama-se mirepoix) mas pode atalhar caminho com uma mandolina.

Não se deixe intimidar pela lista de ingredientes ou pela extensão da preparação. Utilizei produtos simples e acessíveis, que se ligam perfeitamente. E ainda que não tenha na sua execução nenhuma técnica demasiado complexa, optei por detalhar o máximo possível cada um dos passos.

É sem duvida uma verdadeira explosão de aromas, sabores e texturas, num equilíbrio perfeito entre o doce e o salgado, o ácido e o exótico. E se ainda assim conseguir resistir ao aspeto e ao nome pomposo, não sei se conseguirá resistir ao sabor. Hummmmmm...

_______________________

Canoas de camarão com mirepoix agridoce e chantilly de lima

[serve 4 pessoas]


Ingredientes:


Para o chantilly de lima:

- 200 ml de Natas Parmalat (Para Bater)

- 1 colher de chá rasa de flor de sal

- polpa de 1 lima

- 2 folhas de hortelã


Para os camarões:

- 4 camarões

- 1 dente de alho

- flor de sal qb

- 1 colher de chá de mel

- raspa de meia lima

- 1 colher de chá de azeite + qb para cozinhar o camarão


Para o mirepoix:

- 1 manga pequena, meio verde (100 gr de cubinhos)

- 1/2 courgete pequena, sem sementes (50 gr de cubinhos)

- 1/2 maçã vermelha (25 gr de cubinhos)

- sumo de 1 lima

- 2 folhas de hortelã

- 1 colher de sopa de azeite Extra Virgem

- flor de sal


Para os barcos:

- 4 folhas de endivias


Preparação:

Comece pelos camarões: remova a cabeça e a casca, deixando o rabo. Faça um rasgo nas costas e remova a tripa preta. Num almofariz junte o sal, o mel, a raspa, o azeite e o dente de alho. Misture bem e deixe os camarões ganharem sabor nesta marinada. Reserve.

Descasque a manga e corte em cubos o mais pequenos e regulares que conseguir. Reserve. Descasque e descaroce a maçã e proceda da mesma forma. Junte aos cubinhos de manga (que devem ter o mesmo tamanho). O mesmo procedimento deve ser adotado na courgete. Junte tudo e tempere com o sumo de lima, o azeite e a flor de sal. Prove e retifique os temperos ao seu gosto. Perto do momento de fazer os barquinhos junte a hortelã ripada. Reserve.

Para o chantilly de lima bata as natas em chantilly. Para facilitar o processo, as natas devem estar bem frias e devem ser batidas num recipiente sem vestígios de gordura. Quando estiver firme (cuidado, não deixe passar a manteiga), junte flor de sal e a polpa de uma lima em cubos (retire os gomos, sem pele, e corte em cubos). Este molho chega a ser viciante e apesar de simples execução, todos os sentidos aplaudem quando o palato encontra os cubinhos de lima ou as pedrinhas de flor de sal. Termine com a hortelã ripada.

Numa frigideira antiaderente deite um fio de azeite e aloure os camarões, tendo o cuidado de não os cozinhar em demasia, cerca de 1 a 2 minutos de cada lado.

Para empratar, coloque as folhas de endivias num prato de servir (por baixo pode fazer uma cama de sal para que não tombem). Distribua o mirepoix pelos barquinhos e encaixe os camarões por cima. Sirva com o chantilly de lima.


Nota: outra forma de apresentar este prato é colocar todos os ingredientes numa varrine, criando camadas de mirepoix, camarão e chantilly.

_______________________

 

Comentários

  1. Mas que maravilhosa entrada, linda, elegante...bjokitas

    ResponderEliminar
  2. Muito bela a apresentação e de certeza uma explisão de sabores. Boa sorte no concurso.

    ResponderEliminar
  3. Ontem tive uma experiência de sabores fenomenal... Imaginem-se a chegar para jantar e ver umas entradas que mais pareciam caravelas, lindas, e depois quando se juntam os sabores na boca, sentem uma sensação de frescura, contrastes, texturas e surpresa... Quase jantei so entradas... Mas consegui aguentar-me... E trouxe o resto para o almoço... Só vou almoçar entradas... Acreditam? Pois é mesmo o que vai acontecer.

    Mário Marques, obrigado Chef querida, consegues surpreender-me todos os dias, mesmo em dieta.

    P.S.- não deixem de experimentar as NATAS... Meus Deus... As NATAS... Pronto fiquei a salivar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Excelente testemunho ;)
      Nós acreditamos e confesso que fiquei com uma pontinha de inveja ( da boa). Que sorte a sua ;)

      Duxa

      Eliminar
  4. Uma entrada muito requintada e deliciosa! Boa sorte :)

    ResponderEliminar
  5. Belissima apresentação e adorei a originalidade

    ResponderEliminar
  6. Uma entrada fresca e muito original, para além de ser linda!! Adorei, excelente participação!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Adorei a apresentação desta entrada! Que linda! Uma bela participação...*

    ResponderEliminar
  8. que bela entrada...e a apresentação linda!

    ResponderEliminar
  9. Linda apresentação! Gostei e vou experimentar esta tua sugestão com toda a certeza.
    Muitos beijinhos.

    ResponderEliminar
  10. Que entrada tão interessante e com um aspecto tão saboroso :) Adorei a junção dos ingredientes! A mistura de sabores deve ser excelente :)

    Beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  11. Que entrada tão gourmet, adorei.
    Kiss, Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/07/4-edicao-do-projeto-escolha-do.html

    ResponderEliminar
  12. Olá...
    Que fantástico aspecto e sugestão :).... adorei ;)....
    Beijocas
    Leonor

    http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Mil obrigadas a todas por tanto carinho :-)

    ResponderEliminar
  14. Que bela entrada, uma excelente participação :)

    Beijos

    ResponderEliminar
  15. Que excelente aspeto, uma participação fantástica.
    Ficou uma entrada digna de um masterchef :) lindas caravelas
    Bjns
    Isabel

    ResponderEliminar
  16. Que entrada fantástica! Fiquei a salivar! ;-)

    ResponderEliminar
  17. Bemmmmmm.... que maravilha... :) deve ter ficado uma verdadeira delicia.. :)
    beijinhos grandes e boa sorte.. :)

    ResponderEliminar
  18. Os meus parabéns!

    Vi a publicação da sua receita no grupo do facebook de Receitas de Sedução e não resisti. Tive que vir fazer-lhe uma visita. Irresistível mesmo. Adorei!

    Excelente sugestão mesmo! ;)

    Beijinhos doces e continuação de um excelente Domingo.

    Aurea Neves

    ResponderEliminar
  19. Ai que maravilha!!! ;) Adorei! E a apresentação está sublime!!! ;)

    ResponderEliminar
  20. Sonia,

    Não deixas creditos por mãos alheias !
    E fazes muito bem, porque estas tuas canoas são uma participação de peso neste belo desafio !
    Amiga, tinhas mesmo que participar, fazes coisas divinais, adorei esta tua entrada, não tenho jeitinho nenhum para estas belíssimas apresentações que por aqui eu vejo !

    Um beijinho grande para Ti ! :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Molho cervejeira

Quem estuda economia ou gestão costuma falar sobre a curva de crescimento das empresas. Na verdade, todas as empresas têm o seu momento de crescimento, expansão e algures no tempo, a estagnação e a morte. Mais cedo, ou mais tarde, é o que acontece. Claro que há empresas que levam mais tempo do que outras a chegar ao declínio… Veja-se a Coca-cola, veja-se a MacDonalds… Independentemente da concorrência, são empresas com história que se mantêm até hoje como lideres, que ultrapassaram todos os momentos de expansão e contração da economia.Em minha opinião isto acontece por variadas razões, seja pela gestão, pelas ações de marketing, pela publicidade, mas acima de tudo, pelo segredo que os seus produtos encerram. Pela inovação que trouxeram quando chegaram ao mercado.Tentando passar isto para o panorama nacional, veja-se a Portugália e o seu molho que se mantém inalterado desde sempre (dizem). Passou de uma cervejaria de Lisboa, a uma cadeia de restaurantes espalhada por todo o país. Ainda…

Sobras de salmão

E quando a vida nos dá sobras de salmão o que fazer? Bom, desfiá-lo e fazer um salada fria? Sim é uma hipótese. Desfiá-lo e fazer uma quiche? Porque não? Fazer umas pataniscas de salmão, ou um paté de salmão? Ora… Uns rissóis? Hum… Não! Apetecia-me algo diferente…Mistura de um lado, mistura do outro e assim nasceram estes hambúrgueres. Muito simples mas que permitiram que 200 gr de salmão, que não davam para uma refeição para dois, fizessem duas refeições para dois!!! Sim porque se à noite fui comedida e acompanhei com salada, no dia seguinte foi uma excelente opção para a marmita, entre duas fatias de pão de hambúrguer, tomate e alface. Nham!!!______________________ Hamburgueres de Salmão com mayonese de caril e cebolinho[fez 9 hamburgueres]
Ingredientes:
Para os hambúrgueres:- 200 gr de salmão cozinhado- 1 cebola pequena picada- 2 batatas médias- 1 cenoura pequena- 3 colheres de sopa de coentros picados- 10 azeitonas- 1 colher de chá de açafrão- sal e pimenta qb- pão ralado qb- azeite …