Avançar para o conteúdo principal

Mais uma variação

O maracujá sempre foi uma fruta que nunca apreciei. Acho-o demasiado caro e demasiado ácido e por isso, nunca fez parte das nossas escolhas e da fruteira cá de casa.

Mas vá-se lá saber porquê, ao abrigo da minha decisão de dar segundas opções às coisas, resolvi comprar e depois de ter aprovado as últimas duas experiências, acho que aprendi a tirar proveito da acidez do fruto e tenho comprado de forma recorrente (só falta começar a baixar o preço para se tornar mais acessível).

Uma das experiências muito apreciadas cá por casa foi mesmo esta que trago hoje. O que não me deixou de surpreender porque o kefir tem um travo ácido mas ficou lindamente com o ácido do maracujá. Aliás, tenho percebido que são os aromas/sabores mais ácidos que têm casado melhor com o Kefir o que não deixa de ser surpreendente nestas regras teóricas dos ‘casamentos perfeitos’ de ingredientes.

Não deixem de experimentar e acima de tudo provar, porque a quantidade de açúcar a adicionar é sempre dependente do gosto de cada um e da doçura do fruto.

______________________

Batido de kefir e maracujá

[serve 2 pessoas]


Ingredientes:

- 400 gr de leite Kefirizado 24H

- 50 gr de açúcar

- 1 maracujá (25 gr de polpa)


Preparação:

Coloque todos os ingredientes no copo da Bimby e programe 45 segundos, velocidade 7. Se não apreciar as sementes do maracujá, passe por um coador de rede fina e bebe de imediato ou guarde em garrafinhas para beber mais tarde na escola/escritório.


Alternativa de preparação:

Misture bem a polpa do maracujá com o açúcar e tente esmagar o melhor possível. Junte o leite e misture bem (se tiver um liquidificador coloque todos os ingredientes e processe até obter uma mistura bem homogénea sem grumos). Se não apreciar as sementes do maracujá, passe por um coador de rede fina e bebe de imediato ou guard em garrafinhas para beber mais tarde na escola/escritório.

_____________________

 

Comentários

  1. Eu não tenho a Bomby mas tenho o liquidificador e tenho feito os meus batidos nele, e quem bem que sabem. Já tenho deixado em garrafinhas como sugeriu e o resultado é optimo.

    ResponderEliminar
  2. Eu gosto muito de maracujá :) De certeza que esse batido me iria saber que nem ginjas ! Ehehehhe
    Beijocas amiguita, se puderem e tiverem disponibilidade vem espreitar a feirinha na Ramada no próximo Sábado :)

    ResponderEliminar
  3. Eu gosto muito de maracujá, esse batido deve ser uma maravilha!
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. deve ser uma combinação bombástica,
    tenho de experimentar!

    ResponderEliminar
  5. Eu adoro maracujá pena que são muitos caros.
    Esse batido tem muito bom aspecto.
    bjs

    ResponderEliminar
  6. Este é o fruto preferido do meu filho e é mesmo pena ele ser tão caro senão habitava mais vezes aqui por casa!!
    Este batido tem cara de ser óptimo..vou ver se acho uns maracujás a dar "sopa"...
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  7. Olá, sou grande apreciadora de maracujá este batido em breve vai ser colocado em prática lá em casa :) Deve ser uma delícia.

    ResponderEliminar
  8. Gosto tanto de maracujá, é um dos meus frutos preferidos :D Este batido parece-me uma óptima ideia :D

    Beijinhos e tem um bom resto de dia! :D

    ResponderEliminar
  9. Gosto muito de maracujá mas também não tenho tendência para o comer "ao natural". Este batido é uma excelente sugestão!
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. Ótima sugestão :) adorei as fotos.

    Beijos

    ResponderEliminar
  11. Olá, Sónia!
    Ainda bem que te rendeste aos maracujás... Eu adoro, mas cá em casa sou a única verdadeira apreciadora. O preço é que os torna proibitivos, infelizmente. Agora fiquei com saudades... Apetecia-me um para comer à colher. Tenho de experimentar é o leite Kefirizado, primeiro, e depois esta combinação, que, com certeza, será do meu agrado.
    Um beijinho,
    A Cozinheira

    http://danossacozinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. Deve ser bastante nutritivo!
    Bom fim de semana
    Kiss, Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/05/2-edicao-do-projeto-escolha-do.html

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Aguardentes & Licores

O ano passado lancei-me na 'arte' de fazer licores para oferecer nos cabazes de Natal. Comprei uma aguardente de boa qualidade e segui duas receitas publicadas na revista da Bimby "Momentos de Partilha". O resultado final foi muito apreciado pelos convivas a quem ofereci, já que por casa ninguém é apreciador de álcool, nem nas maçãs assadas (felizmente só se estraga uma casa) e por isso nem provamos o resultado final.Este ano tentei perceber um pouco mais sobre este universo das aguardentes (a base dos licores). Em jeito de 'Resumo' tenha em atenção o seguinte:O primeiro factor a ter em consideração, quando se faz um licor, tem a ver com o teor alcoólico da aguardente porque a quantidade de água e açúcar que se vai utilizar depende disso. Isto é, se tiver um teor de álcool de 40º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar cerca de 500 gr de açúcar e 650 ml de água. Se tiver um teor de álcool de 70º, para 1 litro de aguardente, deve-se utilizar a mesma prop…

Molho cervejeira

Quem estuda economia ou gestão costuma falar sobre a curva de crescimento das empresas. Na verdade, todas as empresas têm o seu momento de crescimento, expansão e algures no tempo, a estagnação e a morte. Mais cedo, ou mais tarde, é o que acontece. Claro que há empresas que levam mais tempo do que outras a chegar ao declínio… Veja-se a Coca-cola, veja-se a MacDonalds… Independentemente da concorrência, são empresas com história que se mantêm até hoje como lideres, que ultrapassaram todos os momentos de expansão e contração da economia.Em minha opinião isto acontece por variadas razões, seja pela gestão, pelas ações de marketing, pela publicidade, mas acima de tudo, pelo segredo que os seus produtos encerram. Pela inovação que trouxeram quando chegaram ao mercado.Tentando passar isto para o panorama nacional, veja-se a Portugália e o seu molho que se mantém inalterado desde sempre (dizem). Passou de uma cervejaria de Lisboa, a uma cadeia de restaurantes espalhada por todo o país. Ainda…

Sobras de salmão

E quando a vida nos dá sobras de salmão o que fazer? Bom, desfiá-lo e fazer um salada fria? Sim é uma hipótese. Desfiá-lo e fazer uma quiche? Porque não? Fazer umas pataniscas de salmão, ou um paté de salmão? Ora… Uns rissóis? Hum… Não! Apetecia-me algo diferente…Mistura de um lado, mistura do outro e assim nasceram estes hambúrgueres. Muito simples mas que permitiram que 200 gr de salmão, que não davam para uma refeição para dois, fizessem duas refeições para dois!!! Sim porque se à noite fui comedida e acompanhei com salada, no dia seguinte foi uma excelente opção para a marmita, entre duas fatias de pão de hambúrguer, tomate e alface. Nham!!!______________________ Hamburgueres de Salmão com mayonese de caril e cebolinho[fez 9 hamburgueres]
Ingredientes:
Para os hambúrgueres:- 200 gr de salmão cozinhado- 1 cebola pequena picada- 2 batatas médias- 1 cenoura pequena- 3 colheres de sopa de coentros picados- 10 azeitonas- 1 colher de chá de açafrão- sal e pimenta qb- pão ralado qb- azeite …