Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2013

Segunda oportunidade

Cá por casa continua a saga de experimentar produtos novos. Especialmente aqueles a quem prometi dar uma segunda oportunidade. Este ‘juramento’ foi feito depois de estar presente no show cook da Laranjinha como contei AQUI. A Isabel conseguiu mostrar-me que algumas das minhas implicâncias, não passavam disso mesmo e nesse mesmo dia, caíram alguns dogmas. Só posso agradecer-lhe porque sem dúvida foi importante para esta evolução positiva que tive enquanto pessoa e blogger. Estou mais aberta a experimentar novos produtos, texturas e sabores, sem olhar ao aspeto, sem pensar nos dogmas infundados… Muito importante!Foi nesse sentido de resolvi voltar a experimentar o couscous. A primeira vez que provei não gostei, a segunda experiência achei desenxabida e a terceira nem chegou a acontecer porque entretanto deixei a embalagem perder a validade… Desta é que iria ser. Lá comprei o couscous e lá andei a ver no blog ‘Cinco Quartos de Laranja’ receitas que me pudessem indicar o caminho da luz… E…

Kefir for dummies!

O Mário costuma dizer que sou uma enciclopédia ambulante sobre termos culinários e ingredientes menos comuns… Tudo porque num destes dias sabia o que era manteiga clarificada…Claro que, por adorar o tema, toda a informação que me chega absorvo como uma esponja, pelo que é muito mais simples para mim saber (sem fixar) estas coisas… Mas a verdade é que diariamente aprendo, pesquiso, sou curiosa e todos os dias me surpreendo com a quantidades de coisas que não sei… E que tenho ânsias de saber.Pois bem, num destes dias, comecei a perceber que em alguns blogs que sigo começaram a aparecer receitas feitas com kefir. A primeira receita, deixei passar, a segunda idem, mas de repente as receitas feitas com este ingrediente mais pareciam pipocas a rebentar e eu, como não podia deixar de ser, ansiosa por tentar perceber que raio era o kefir.Pois a Isabel dos blogs ‘Brisa Marítima’ e ‘Blog do Chocolate’ não tardou a explicar-me o que era e a oferecer-me um bocadinho. Foi tão querida que até me en…

Bolo crumble

Há sabores que são combinações perfeitas. Verdadeiros clichés culinários. Maçã e canela, banana e chocolate, enfim, nunca mais saía daqui... Entre doces e salgados há combinações testadas e mais que testadas e que acabam por ser aquilo a que chamo zona de conforto, porque nunca nos deixam ficar mal. É nesse campo que incluo a pêra e as avelãs. Dois sabores que adoro e que acho que combinam lindamente. Por isso, assim que vi um bolo com estes ingredientes numa revista, andei mais de uma semana a namorá-lo, a tentar descobrir alguma coisa que não me suasse bem, que me impedisse de o fazer... Não que não estivesse louca por o fazer, mas dado que entrei em dieta, estou a tentar esforçar-me por evitar bolos pecaminosos que me dêem dor de consciência... É complicado gostar de comer... Ter um blog de culinaria... Andar sempre a experimentar coisas novas... E tentar manter a linha. Por isso, um bolo nesta fase, tem mesmo de fazer sentido fazê-lo... E a gulanão conta como argumento!Pois este …

Barras de cereais

Adoro cereais… Integrais, sem ser integrais, em caixa, em saco, em barra, não interessa. Gosto! Já o Mário nem por isso, nem mesmo as estrelitas da Joaninha… Diz que odeia estar a mastigar esferovite, vá-se lá perceber…Como ando numa de contrariá-lo e mostrar-lhe que afinal gosta de algumas coisas que ele diz que não (o que em si, tenho de admitir, parece bastante estranho), decidi fazer barritas de cereais. Na verdade, para além do propósito já referido, o objetivo seria igualmente dar-lhe algo que roer, que o saciasse durante o dia de trabalho, para que recorresse cada vez menos às máquinas deVending…Claro está que fui a esse grande repositório de informação que se chama internet inspirar-me… Calculo que ninguém nasça a saber fazer barras de cereais e eu não sou exceção.Depois de ler um pouco e de perceber que as receitas são muito variadas consegui perceber o que não queria nas minhas barras – demasiado açúcar e demasiada gordura. De resto percebi que havia poucas regras a cumprir …

PROVE

Já há algum tempo que ouvia alguns colegas falarem da compra de cabazes biológicos, mas fiquei sempre com a sensação que a rede de distribuição estava bastante centralizada. Claro está que os dias foram passando, que se transformaram em meses e depois em anos até que um destes dias vi, num dos blogs que sigo, referência ao projeto PROVE. Claro está que havendo link não podia perder a hipótese de tentar perceber um pouco mais. Pode ver mais AQUI.Pelo que percebi, de uma forma simples e sintética, acaba por ser uma forma de, sem intermediários, termos acesso direto ao produtor. Ao aderirmos ao projeto recebemos, semanal ou quinzenalmente, de acordo com a modalidade que escolhermos, um cabaz de produtos diretamente da horta. Não poderia estar mais contente porque cada vez mais privilegio produtos biológicos, de boa qualidade, que não sejam apanhados um ano antes e congelados até serem vendidos nos supermercados…Claro está, que não consigo saber se os produtores a quem compro se utilizam …

Uma salada inspirada

No domingo quando cheguei a casa, depois da Alimentaria, vinha inspirada… Apesar de me doerem as pernas até mais não, só me apetecia estar pela cozinha e inventar! Depois de muito pensar e já que estava limitada ao entrecosto que tinha descongelado, resolvi fazer um acompanhamento diferente dos que habitualmente se fazem cá por casa. Adoramos… A fruta ligou muito bem com o entrecosto bem assado que foi cozinhado no Grill do forno e que mais parecia ter sido feito no carvão.
Confesso que teria comido a salada sozinha, como prato principal. Acho que no Verão se vão abusar de refeições assim._________________ Salada de laranja, queijo feta e sementes[serve 2 pessoas]
Ingredientes:
Para a salada:- uma mão cheia de agriões- uma mão cheia de alface- 80 gr de queijo feta- 1 laranja- 2 colheres de sopa de sementes de girassol- 1 colher de sopa de sementes de sésamo
Para a vinagrete:- azeite- sumo de laranja- mostarda- vinagre balsâmico- sal e pimenta
Preparação:Numa saladeira coloque o agrião (as f…

Entrecosto inspirado

No domingo passado, depois de ter passado o dia inteiro a passear pela Alimentaria, cheguei a casa cheia de vontade de cozinhar. No entanto, como tinha descongelado entrecosto, sem alternativas para a Joana, não pude fazer grandes malabarismos… Porque seria uma refeição para os três.Optei por algo clássico e utilizei massa de pimentão caseira, o que em si, fez uma enorme diferença. Claro está que o sal aromático utilizado também deu o seu toque… Não me canso de o utilizar.Acabou por ser uma refeição bastante agradável, uma boa solução para quem tem pouco tempo já que pode ser temperado de véspera e colocado a grelhar no grill do forno… Em pouquíssimos minutos está feita a refeição. Espero que gostem.______________________ Entrecosto assado[serve 4 pessoas]
Ingredientes:- 1,5 kg de entrecosto- 3 colheres de sopa de pasta de pimentão caseiro- 1 colher de sopa de sal com orégãos e alho*- 2 dentes de alho- azeite qb
*Da Casa do Sal da Figueira da Foz.
Preparação:Esmague os alhos e junte à mas…

A melhor sopa

Cá por casa é frequente discutirmos em torno de quem faz a melhor sopa. É um discutir saudável, mas tenho de admitir que as melhores sopas são do Mário, tudo porque inclui mais azeite na confeção do que eu. E como é lógico acabo sempre por esgrimir esse argumento – “a tua é melhor, mas faz pior à saúde!”.Para me provar que não utiliza assim tanto azeite, resolveu fazer ele a sopa e tirar as medidas…Estava ótima, como sempre e olhando para a lista de ingredientes parece-me uma sopa perfeitamente normal, como tantas as que se fazem lá para casa…Ninguém me tira da ideia que ele foi lá despejar um pouco mais de azeite no final… Mas é só uma suspeita! Que estava maravilhosa lá isso estava! Fosse do azeite ou fosse do amor que ele inclui sempre em tudo o que faz… E isso faz todaaaaaaaaaaaa a diferença.__________________ Sopa de Agrião
Ingredientes:- 1 cebola pequena (75 gr)- batata (250 gr)- 2 dentes de alho (10 gr)- 400 gr de abóbora- 700 gr de água- 30 gr de azeite- 10 + 250 gr de agrião (e…

Bem vindo o sol!

Pequenos almoços de sábado são sempre especiais! Apesar de ser uma mulher de hábitos e gostar de comer sempre cereais de manhã, ao sábado abro uma exceção, até porque há mais tempo… E quase sempre sai um sumo de frutas. Adoro frutas tropicais e apesar de não serem uma opção nada barata, nos dias que correm, de vez enquando lá abro uma exceção. Se pensarmos bem, em termos de custo, ficou a metade do preço do que custa um sumo de frutas fora de casa. Com a vantagem de se poder escolher a quantidade de açúcar a incluir e as frutas da nossa preferência. Além disso, se forem tão preguiçosos quanto eu para comer fruta, assim não custa mesmo nada!Este sumo ficou fantástico e com a Primavera que vai chegando bem devagarinho, vai começando a apetecer cada vez mais estas soluções fresquinhas e saudáveis. Bem vindo sol!_____________________ Sumo de Papaia e laranja[serve 2 copos]
Ingredientes:- 1 papaia (200 gr)- laranjas qb (200 gr de sumo)- 40 gr de açúcar- 1 colher de café de pasta de baunilha-…

Fazer doces

Perto do Natal fui convidada pela TVI 24 a participar numa reportagem do programa ‘Portugal Português’. Uma reportagem que falava de pessoas que faziam os seus próprios presentes de Natal. Esse programa já foi repetido umas duas vezes e uma das coisas que refiro na reportagem é que peço a familiares e amigos, ao longo do ano, que me guardem frascos que não usem para pôr os doces. Pois desde essa reportagem a quantidade de frascos que me têm chegado às mãos é quase industrial… Acho que este ano não terei de gastar dinheiro no Bazar da Marinha Grande. Adoro vê-los todos alinhadinhos à espera de serem enchidos. E em breve sei que estarão! O que me dará um prazer imenso!Está a chegar a época dos morangos, das cerejas, do melão e da meloa, dos alperces, hummmmm. Já sinto no ar o cheiro a compotas!Enquanto essas frutas não chegam, aproveitei as férias para fazer doce de abóbora. Não é dos meus doces preferidos, mas confesso que adoro a química perfeita com queijo fresco ou requeijão de cabr…

Restaurantes...

Desde que a maldita ‘crise’ começou que são poucos os restaurantes a que vou… E quando vou, prefiro pagar um pouco mais, mas garantir que vou comer algo de qualidade, que não me faça arrepender de sair de casa.Se antes já era um pouco exigente com o que comia, hoje mais do que nunca o sou… Sei que as exigências são mais que muitas e cada restaurante que hoje abre é quase um ato de suicídio… Que prefiro olhar como um ato de coragem. Sei que o Estado rouba mais de 40% do que ganham… Sei que os preços dos bens aumentam de forma galopante… Sei que aumentar os preços, em muitos casos, significa perder os poucos clientes fiéis que vão aparecendo…Se há algo chocante que soube à pouco tempo foi que os restaurantes têm de pagar anualmente uma coisa que se chama ‘Pagamento Especial por Conta’ que mais não é do que uma antecipação de um imposto, isto é, de uma forma simplista, um valor que é pago por lucros que venham a ter… Sim, leram bem VENHAM a ter… Sim, não interessa que tenham acabado de a…